PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro tem pior drama dos grandes na Série B com Z4 perto e acesso longe

O Cruzeiro, do atacante Airton, ficou apenas no empate em casa contra o CRB, pela 8ª rodada da Série B  - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
O Cruzeiro, do atacante Airton, ficou apenas no empate em casa contra o CRB, pela 8ª rodada da Série B Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

08/09/2020 11h17

Rebaixado no último Brasileirão e passando pela pior crise de sua história de 99 anos, o Cruzeiro segue amargando resultados ruins em 2020 e vivendo agora um drama na Série B.

No encerramento da 8ª rodada, a Raposa ficou apenas no empate com o CRB, no Mineirão, e chegou a 5 jogos sem vitória, ocupando a 16ª colocação, mais próxima da zona do rebaixamento do que do G4, o grupo de acesso.

Na história da Série B do Brasileirão por pontos corridos, desde 2006, nenhum grande passou por um situação como essa nessa altura do campeonato. E mesmo que não tivesse perdido os seus 6 pontos, o Cruzeiro teria hoje 11 pontos, com a pior campanha de um grande na Série B até a 8ª rodada.

Punido pela Fifa com a perda de 6 pontos por não cumprir o pagamento do volante Denílson ao Al Wahda, o Cruzeiro "zerou" sua pontuação na Série B após duas vitórias nas duas primeiras rodadas (Botafogo-SP e Guarani) e depois somou seus três primeiros pontos ao bater o Figueirense. Mas depois disso, perdeu três jogos e empatou outros dois, ficando na parte de baixo da tabela.

Atlético-MG (em 2006), Vasco (em 2009 e 2014) e Inter (em 2017), fizeram 13 pontos até a 8ª rodada, tendo então os piores começos entre os grandes na Série B até etapa do campeonato. O Galo e o Vasco (de 2009) ficaram ainda na "pior" colocação entre eles, no 6º lugar, mas ambos a apenas um ponto do G4.

Por outro lado, Corinthians (2008) e Botafogo (2015) já tinham 20 pontos nessa 8ª rodada. Ambos terminaram como campeões naqueles anos e sem passar por sustos na Segundona. O Vasco, em 2014 e 2016, e Inter, em 2017, subiram para a Série A sem conquistarem o título, mas durante suas campanhas não ficaram tão distantes das quatro primeiras colocações como o Cruzeiro de 2020.

Desempenho dos grandes até a 8ª rodada na Série B do Brasileiro na era dos pontos corridos (2006-2020):

Em 2020, o Cruzeiro terminou o Campeonato Mineiro na 5ª colocação, em sua pior posição nos últimos 25 anos, quando também foi 5º em 1995. Na Copa do Brasil, competição em que é o maior campeão com 6 título, a Cruzeiro foi eliminado pelo CRB na 3ª fase preliminar, tendo sua pior participação em 24 edições disputadas.

E com essa campanha ruim na Série B, a Raposa corre um sério risco de ser o primeiro grande a não voltar para a Série A no ano seguinte ao rebaixamento, e de amargar novamente a Segundona no ano em que comemora 100 anos de história.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.