PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

10 feitos que a locomotiva Bayern e seus massacres já impuseram em 2020

O Bayern de Munique vem encantando com seu futebol ofensivo em 2020 - Visionhaus
O Bayern de Munique vem encantando com seu futebol ofensivo em 2020 Imagem: Visionhaus
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

18/08/2020 04h00

Grande sensação do futebol europeu na atual temporada, o Bayern Munique assombrou o mundo com a inesquecível e humilhante vitória por 8 x 2 na semana passada, pelas quartas de final de Liga dos Campeões. Em 2020, o time alemão vem conseguindo alcançar marcas históricas com seu ataque avassalador.

Sob o comando do técnico Hans-Dieter Flick, os gols do artilheiro polonês Lewandowski, as assistências de Thomas Müller e as defesas de Neuer, o Bayern sobrou nas competições nacionais e vem quebrando recordes na Champions League. E com mais dois jogos pela frente, caso passe pelo Lyon na semifinal, o time Bávaro poderá alcançar feitos maiores ainda.

Confira a lista dos 10 feitos que a locomotiva Bayern conseguiu em 2020:

1 - Octacampeão e dobradinha na Alemanha
No início da temporada 2019/20, o Bayern deu uma patinada com o técnico Niko Kovac no Campeonato Alemão. No dia 7 de dezembro de 2019, após perder para o Borussia Moenchengladbach e cair para o 7º lugar, o croata foi demitido e substituído por Hans-Dieter Flick, auxiliar-técnico de Joachim Low, na seleção alemão campeã da Copa de 2014.

Com Hansi, o Bayern não perdeu mais e conquistou o oitavo título seguido da Bundelisga, um recorde na competição, e sua 30º taça. Desde Beckenbauer em 1994, o Bayern não era campeão com um técnico estreante na carreira de clube. De quebra, o time de Munique ganhou a Copa da Alemanha, fazendo uma dobradinha pelo segundo ano seguido, repetindo 2006 e 2014.

2 - Ataque dos 100 gols na Bundesliga
Campeão alemão com duas rodadas de antecedência, o Bayern fechou sua campanha com o segundo melhor ataque na história da Bundesliga, com 100 gols em 34 jogos. O time ficou a apenas um gol de igualar o recorde do ataque do próprio Bayern, de 1971/72, que marcou 101 gols. Na Europa, apenas o RB Salzburg, da Áustria, fez mais gols em um campeonato nacional (110 gols em 32 jogos). Na temporada 2019/20, o Bayern marcou (até as quartas da Champions), 155 gols em 50 e está perto de quebrar o recorde do time da temporada 2012/13, que fez 156 gols em 56 jogos.

3 - Melhor segundo turno da história
A arrancanda do Bayern rumo ao octa veio um 2º turno impressionante da equipe de Flick. Em 17 jogos, foram 16 vitórias e um empate, com um aproveitamento de 96,1% dos pontos, igualando o time de 2012/13, mas com um ataque melhor no segunda parte do campeonato: 54 gols (média de 3,18 por jogo). De quebra, ainda alcançou o recorde de 11 vitórias seguidas como visitante no campeonato.

4 - Recorde de gols em mata-matas na Liga dos Campeões
Depois de passar pelo Chelsea nas oitavas de final com vitórias por 3 x 0 (fora) e 4 x 1 (em casa), o Bayern conseguiu sua classificação para a semifinal da Liga dos Campeões com uma goleada história sobre o Barcelona por 8 x 2, sendo o primeiro clube a marcar 8 gols num jogo de mata-mata na história da competição desde 1992/93. Nas quartas de final, essa também foi a maior vitória 8 x 2, superando o 7 x 1 do Manchester United sobre a Roma em 2007.

5 - Vitórias seguidas na Liga dos Campeões
Primeiro clube alemão a vencer todos os 6 jogos na fase de grupos, o Bayern ganhou os três jogos seguintes nos mata-matas (oitavas e quartas), chegando a 9 vitórias seguidas na competição, igualando o Barcelona de 2003 e o de 2015, que também venceram 9 seguidas em uma única edição. Se ganhar do Lyon, poderá igualar a maior sequência de vitórias acumuladas, contando duas edições, do próprio Bayern (em 2013-2014) e Real Madrid (2014-2015), que ganharam 10 seguidas.

6 - Melhor média de gols na Champions
Com 39 gols em apenas 9 jogos, o Bayern tem a impressionante média de 4,33 gols por partida, a maior na história da Liga dos Campeões desde 1992/93. Na edição 2019/20, o time de Munique aplicou goleadas históricas. Além do 8 x 2 no Barcelona, venceu o Tottenham, então o vice-campeão europeu por 7 x 2, em Londres (com 4 gols de Gnabry); o Estrela Vermelha-SER por 6 x 0 (com 4 gols de Lewandowsi); e o Chelsea por 4 x 1). No geral, em uma única edição, o Bayern tem o 4º maior ataque com 39 gols, atrás do Barcelona (45 gols, mas em 16 jogos), e Real Madrid e Liverpool (que marcaram 41 gols em 13 jogos).

7 - Maior goleada no Barcelona e na carreira de Messi
Na humilhante goleada que aplicou no Barcelona, o Bayern impôs ao time espanhol sua pior derrota em competições europeias e sua 6ª maior derrota em toda história. Pela primeira vez também o Barça sofreu 4 gols ao final do primeiro tempo em um jogo de Liga dos Campeões. O craque Messi também sofreu na mão do Bayern, ao levar a maior surra em um jogo, superando o 6 x 1 que levou da Bolívia em 2009 pelas Eliminatórias da Copa, na altitude de La Paz.

8 - Invicto em 2020 e 19 vitórias seguidas
Desde que assumiu o Bayern em dezembro de 2019, Hansi Flick não perdeu. Foram 34 jogos e 31 vitórias. Só em 2020, o time Bávaro disputou 23 partidas, venceu 22 e empatou apenas uma, contra o RB Leipzig (0 x 0) no dia 9 de fevereiro. Desde então, foram 19 vitórias seguidas e a melhor campanha no futebol europeu no ano. Só em 2020, foram 80 gols marcados (3,33 por jogo) e 19 gols sofridos em 24 jogos. Destes, fez 4 ou mais gols em metade deles (12).

9 - Maior artilheiro estrangeiro
Artilheiro do Bayern na temporada com 52 gols em 44 jogos, o polonês Lewandowski foi o artilheiro do Campeonato Alemão com 34 gols, quebrando o recorde de gols de um estrangeiro na história da competição. Máximo goleador da Bundesliga pela 5ª vez, Lewa foi artilheiro pelo 3º ano seguido, igualando a marca de Gerd Müller. Artilheiro da Copa da Alemanha, o polonês de 31 anos é o maior goleador da Liga dos Campeões com 14 gols e pode ainda alcançar o recorde de Cristiano Ronaldo, que marcou 17 gols em 2014. Lewa também acumula 8 jogos seguidos marcando na Champions - CR7 tem o recorde de 11 jogos seguidos marcando. Com 245 gols pelo Bayern, o camisa 9 se tornou o 2º maior artilheiro da história do clube, superando Rummenigge (217 gols) nessa temporada. Gerd Müller é o recordista com 563 gols. Na Bundesliga, Lewandowski pulou para 4ª posição entre os maiores goleadores com 236. Já na Champions, o centroavante pulou para o 4º lugar entre os maiores artilheiros com 67 gols

10 - Recorde de assistências na Bundesliga
Reserva com Niko Kovac, Thomas Müller voltou a ser titular com Hansi Flick e se tornou um dos grandes nomes do time na temporada. Com 21 assistências, estabeleceu um novo recorde na Bundesliga desde 1992/93 (quando passaram a contar essa estatística), superando Kevin De Bruyne (Wolfsburg em 2015) e Emil Forsberg (RB Leipzig em 2017), que deram 19 assistências. Müller, autor de 2 gols na goleada sobre o Barcelona, se tornou também o maior carrasco do time espanhol em competições europeias, com 6 gols marcados em 5 jogos. Campeão alemão pela 9ª vez, Thomas Müller ainda se igualou a Alaba e Ribery como um dos maiores vencedores da Bundesliga.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)