Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Brasil não está pronto para Copa América e deve impor plano Copa do Mundo

Os dois amistosos do Brasil preparatórios para a Copa América indicam um time que não está pronto.

Era óbvio antes mesmo de entrar em campo.

Por culpa de Ednaldo Rodrigues e da CBF, a seleção perdeu um ano de trabalho, com dois técnicos interinos. A culpa não é de Ramon Menezes, nem de Fernando Diniz. É de Ednaldo.

A Copa América precisa, agora, ser uma etapa de preparação para a Copa do Mundo.

O Brasil não é favorito. O Uruguai é, porque tem trabalho coerente de Marcelo Bielsa desde o início de 2023.

A Argentina vem em segundo lugar, porque tem Messi, mas a transição do time campeão mundial, para a equipe que precisará contar cada vez menos com seu maior jogador da história, junto com Maradona.

Depois, a Colômbia, invicta há 19 jogos e que goleou os Estados Unidos por 5 x 1. Contra o mesmo adversário, o Brasil não passou de empate por 1 x 1. O primeiro empate da história.

Contra os Estados Unidos, a seleção finalizou 24 vezes, o triplo do que fez contra o México. Não jogou mal. Nem bem.

A verdade é que a Copa América precisa ser torneio para o Brasil se preparar. Tem alguns dos melhores jogadores do planeta. Não tem o melhor time. Vai ter muito trabalho para transformar craques em equipe.

Continua após a publicidade

É o trabalho de Dorival Júnior.

Desde 2002, o Brasil venceu a Copa América três vezes e não chegou nenhuma vez à final da Copa do Mundo. Exatamente como aconteceu entre 1914 e 1950. Tentar ganhar o torneio Sul-Americano, claro que sim.

Mas sabendo que a dificuldade está posta pelo fracasso do tempo perdido e que prioridade é a Copa de 2026.

É só para isso que serve a Copa América. Para corrigir erros e pensar num time mais forte daqui a dois anos.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes