Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Corinthians não se salva, mas Yuri Alberto e Carlos Miguel bem que tentaram

Yuri Alberto é muito bom! Não é pouco e é importante que o Corinthians e os corintianos comecem a perceber isto.

Não dá para seguir perdendo jogadores que podem ser úteis num processo de recuperação que precisa se iniciar.

Carlos Miguel é ótimo! Não fosse por ele, com duas defesas antes de Yuri Alberto fazer 1 x 0, o Corinthians começaria a partida perdendo por 2 x 0 para o Atlético Goianiense, no Castelo do Dragão.

As coisas iam bem até Gustavo Henrique ser expulso. Mas o que era bom era também o aspecto defensivo, porque o Atlético tinha mais tempo com bola no pé, atacava, com prioridade para o jogo de posse de bola conduzido por Jair Ventura, outrora chamado de retranqueiro no Parque São Jorge. E se lembre que aquele Corinthians não ganhou a Copa do Brasil do Cruzeiro, em 2018, por um gol anulado polemicamente.

Não era injusta a vitória parcial corintiana por 2 x 0, porque Yuri Alberto fazia questão de mostrar que é excelente finalizador e superou a péssima fase do ano passado. Artilheiro do time neste ano com 15 gols, mais de um terço dos marcados pelo ataque alvinegro.

Mas ficou mais justo o empate por 2 x 2, gol contra de Cacá e de pênalti de Shaylon, nos acréscimos. O Atlético finalizou 22 vezes, contra seis do Corinthians. Teve mais posse de bola, buscou mais o ataque.

Com tudo o que tem acontecido, o grupo de jogadores não precisa explicar por que sofreu o empate jogando com dez contra onze adversários. Há explicações muito mais sérias a serem oferecidas em outras esferas.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes