PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Posse de Bola


Paulistão não deve terminar. Santo André campeão? E quem cai?

Ronaldo, do Santo André, comemora o gol anotado contra o Corinthians - Marcello Zambrana/Agif
Ronaldo, do Santo André, comemora o gol anotado contra o Corinthians Imagem: Marcello Zambrana/Agif
Arnaldo Ribeiro

Arnaldo Ribeiro é jornalista desde 1990. Passou por Notícias Populares, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. Na revista Placar, foi editor especial e redator chefe. Passou 13 anos na ESPN. Desde 2019, é responsável (com Eduardo Tironi) pelo podcast Posse de Bola. Também é comentarista do Sportv, além de colunista do site torcedores.com.

Colunista do UOL

26/03/2020 19h31

Não é oficial ainda. A Federação Paulista em princípio não cogita terminar (sem um fim) o "campeonato mais emocionante dos últimos tempos". Mas o fato é que dificilmente o Paulistão 2020 terá um desfecho após a parada do coronavírus.

Simplesmente porque boa parte dos times vai ficar "sem jogadores". O líder Santo André, a renovada Inter de Limeira e vários outros "pequenos" programaram seu ano para quatro meses, porque não disputam campeonatos nacionais no segundo semestre.

A partir do fim de abril esses times não terão mais jogadores. Os contratos todos se encerram. Como retomar um campeonato desta forma, que ainda não tem nem data para o recomeço?

Começam assim os movimentos nos bastidores... Se não continuar, o Paulistão 2020 deve proclamar seu melhor time campeão? O Santo André? Mesmo sem fase final?

Se tiver um campeão, o Paulistão deveria também ter seus rebaixados. Ou não? Aí, o buraco ainda é mais embaixo. Faltando seis pontos para disputar, não há como ter rebaixamento desta forma. Seria "injusto" e passível de inúmeras ações na Justiça. Para alívio da Ponte Preta e de outros times.

Detalhe. Na última reunião na sede da FPF, dia 16, havia quase um consenso para a disputa das duas últimas rodadas da fase de classificação, em uma semana, com portões fechados. Assim, rebaixamento ao menos estaria definido. Mas... Entrou o Corinthians, que ainda jogaria com o Palmeiras, em ação. Corinthians virtualmente eliminado, e que ainda corria risco de queda.

Ao dizer que o jogador Luan tinha suspeita de coronavírus, o presidente Andres Sanchez tinha um argumento irrefutável para a paralisação imediata.

Sem descenso, existe a possibilidade de certa virada de mesa para 2021, com a subida de dois times da segunda divisão, como previsto anteriormente. Aí seriam 18 times para a próxima edição, e não mais 16.

Mas e as datas? Com três grupos de seis times, em vez de quatro grupos de quatro, você faria a fase de classificação com as mesmas 12 datas de hoje. É uma das possibilidades... Entre várias.

O "certo" é que dificilmente o Paulistão 2020 vai terminar... Sendo assim, o que vc faria. Santo André campeão ou tudo congelado pro ano que vem?

Posse de Bola