PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Posse de Bola


Por que Dudu é um dos dez mais da história do Palmeiras

Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi

Dar continuidade, atualizar e incrementar o "Posse de Bola" com informações quentes e análises ao longo da semana -- com a chancela da dupla que criou o Podcast, trabalhou junta desde os primórdios no Notícias Populares, passando pela ESPN, e hoje tem um canal no Youtube.

21/02/2020 11h03

Dudu completou 300 jogos com a camisa do Palmeiras nesta quinta-feira na vitória contra o Guarani, gol dele. Que também perdeu um pênalti.

Desde que chegou ao Palmeiras, Dudu é, com sobras, a maior figura. Foi protagonista nos três últimos títulos conquistados: Copa do Brasil (2015), Brasileiros (2016 e 2018). Por isso, mas não só por isso, coloco o atacante como um dos dez maiores da história do clube.

Seus outros feitos além dos títulos reforçam minha classificação.

É o jogador de linha do clube que mais venceu partidas no século 21 com 172 vitórias. Acima dele, só o mítico Marcos, goleiro, com 182 vitórias. Será ultrapassado pelo atacante em breve.

Dudu é o artilheiro do time no século 21 com 70 gols. Neste século, é ainda o segundo maior artilheiro em Campeonatos Brasileiros, com 42 gols. Cesar Maluco, com 61, é o primeiro, mas possivelmente será ultrapassado.

O camisa 7 é também o o jogador com mais jogos e vitórias no Allianz: 125 partidas, 89 triunfos. Por fim, é o maior artilheiro do novo estádio palmeirense, com 33 gols.

Apenas essa numeralha talvez não seja suficiente para colocar Dudu no olimpo dos dez maiores, embora sejam números muito expressivos.

Mas Dudu tem algo além dos números a seu favor: ele é a principal figura desta era vitoriosa do Palmeiras, a era Allianz Parque. Considerando que o clube tem quatro grandes épocas gloriosas em sua história (as duas academias nos anos 60 e 70, a era Parmalat e a era atual), não é pouca coisa.

Se Ademir da Guia simbolizou a excelência da Academia, Dudu simboliza este momento vitorioso do clube. E sem concorrência.

Além disso tudo, Dudu tem algo que outros gigantes não tiveram: pelo menos até agora, ele é idolatrado única e exclusivamente pela torcida do Palmeiras. Edmundo é ídolo do Vasco, Zinho do Flamengo, para ficar em apenas dois exemplos.

E, por fim: o jogador já teve propostas milionárias da China para ir embora. Preferiu ficar. São cinco anos de altíssimo nível.

O olhar enquanto a história está acontecendo turva a visão. Mas no futuro, este momento do Palmeiras será lembrado como a "Era Dudu". (Por Eduardo Tironi)

Posse de Bola