PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Lavada de Verstappen no campeonato da F1 não reflete a realidade da pista

Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

21/06/2022 04h00

A tabela do campeonato da Fórmula 1 tem Max Verstappen disparado na frente, com 46 pontos de vantagem para o companheiro Sergio Perez, e 49 para Charles Leclerc. Isso é o equivalente a quase duas vitórias de folga, que foi construída com cinco vitórias nas últimas seis provas. Por outro lado, mais uma vez a Ferrari saiu de um GP imaginando que poderia ter vencido, com Carlos Sainz pressionando o líder do Mundial nas últimas 16 voltas.

Lewis Hamilton voltou ao pódio, em um final de semana em que a Mercedes foi uma das protagonistas e não pelas melhores razões. Eles foram alvo da desconfiança dos rivais depois que o time apareceu com uma peça que só tinha sido autorizada no dia anterior pela FIA, em meio à queda de braço para definir o que fazer em relação ao porpoising. E Hamilton chegou a jogar a toalha depois de uma sexta-feira muito ruim. Mas eles deram a volta por cima no final de semana e aproveitaram que Perez e Leclerc tiveram corridas comprometidas (o mexicano, por uma quebra de câmbio, e o monegasco chegou em quinto após largar em penúltimo por ter trocado o motor).

Quem não pode dizer o mesmo é a Alpine, que não descartava lutar pelo pódio com Fernando Alonso largando em segundo, mas teve uma corrida comprometida pelo equipamento e pela estratégia. Mas pelo menos eles terminaram com ambos pilotos nos pontos, mostrando a evolução do carro nas últimas provas.

Esses são alguns dos temas do Ju Responde do GP do Canadá. As perguntas podem ser enviadas após cada corrida por meio do instagram @myf1life.