PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

Hamilton se rende à comemoração de Ricciardo e bebe champanhe na sapatilha

Lewis Hamilton bebe champanhe na sapatilha de Daniel Ricciardo após GP da Emilia Romagna, em Imola - Luca Bruno/Pool/Getty Images
Lewis Hamilton bebe champanhe na sapatilha de Daniel Ricciardo após GP da Emilia Romagna, em Imola Imagem: Luca Bruno/Pool/Getty Images
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

01/11/2020 11h43

Lewis Hamilton sempre torceu o nariz para a comemoração típica dos pódios de Daniel Ricciardo, tomando o champanhe usando sua própria sapatilha. O australiano havia esquecido da celebração especial, apelidada de shoey e feita por outros esportistas do país, em seu primeiro pódio na temporada e pela Renault, no começo de outubro, no GP de Eifel.

Repetindo o terceiro posto, agora no GP da Emilia Romagna, em Imola, neste domingo, Ricciardo estava tirando apenas um dos pés de sua sapatilha para tomar sozinho, quando Hamilton pediu para fazer o mesmo. O australiano, então, tirou as duas sapatilhas e encheu uma para o inglês, que brindaram e tomaram o champanhe. Hamilton tomou só um gole, enquanto o australiano zerou seu "copo". Perguntado se tinha gostado, ele brincou: Tem gosto de "geleia de dedo!"

"Definitivamente, o gosto não é dos melhores. Eu já não gosto de champanhe de qualquer jeito, mas definitivamente é pior", completou o inglês. Hamilton já tinha negado participar da festa do shoey em outras oportunidades, e disse que era "muito nojento", mas disse que mudou de ideia e que essa "é uma lição de nunca diga nunca."

Com Valtteri Bottas, que ficou longe do brinde, com as mãos na cintura, em segundo, a Mercedes conquistou o título de construtores pela sétima vez seguida, algo sem precedentes na história.