PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

F1: Hamilton lidera único treino livre antes de definição do grid em Imola

Max Verstappen, da Red Bull, chegou a liderar treino, mas foi superado por Hamilton - Miguel Medina - Pool/Getty Images
Max Verstappen, da Red Bull, chegou a liderar treino, mas foi superado por Hamilton Imagem: Miguel Medina - Pool/Getty Images
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

31/10/2020 07h30

Lewis Hamilton, da Mercedes, liderou o único treino livre para o GP da Emilia Romagna, em Imola, na Itália, com o tempo de 1min14s726. O hexacampeão foi 297 milésimos mais veloz que Max Verstappen, da Red Bull, com Valtteri Bottas, da Mercedes, ficando a quase meio segundo do companheiro.

A melhor volta de Hamilton foi um bom exemplo do trabalho duplo que as equipes estão tendo para esta prova, que tem um formato diferente, com apenas um treino livre de 1h30, terminando 2h30 antes da classificação, que começa às 10h da manhã, pelo horário de Brasília, ao invés de três sessões, totalizando 4h, distribuídas entre sexta-feira e sábado: Max Verstappen vinha sendo o mais rápido e Hamilton não conseguiu superar seu melhor tempo na primeira tentativa com pouco combustível e pneus macios novos. Então, o engenheiro sugeriu que ele mudasse a configuração do motor e, com isso, o inglês conseguiu ser o mais veloz do treino.

É um trabalho duplo porque, além do tempo reduzido de preparação na pista, as equipes não têm experiência recente na pista de Imola, já que a Fórmula 1 não corre no circuito italiano desde 2006. A Mercedes, por exemplo, ainda era a equipe Honda na última prova em Imola.

Além das equipes, os pilotos também têm de se adaptar. Os que têm experiência mais recente com um carro de Fórmula 1 na pista são a dupla da AlphaTauri, que testaram em Imola no início do ano. A pista, inclusive, fica a 15km da sede da equipe, localizada na cidade de Faenza. No treino livre, Pierre Gasly, que está correndo com um capacete com as cores da bandeira brasileira em homenagem a Ayrton Senna, morto em 1994 em um acidente justamente na pista de Imola, foi o grande destaque do treino, em quarto, e Daniil Kvyat foi o oitavo.

Por conta da falta de experiência, o treino livre teve dezenas de voltas deletadas após os pilotos ultrapassarem os limites de pista, delimitados por sensores colocados nas zebras das curvas 9 e 15 (ou seja, nas quais o piloto tem vantagem ao sair da pista). Isso será importante para a classificação, quando uma volta deletada pode significar o fim prematuro do classificatório. São as voltas deletadas, inclusive, que explicam o treino ruim de Sebastian Vettel, que vinha em último por ter estragas suas duas simulações de classificação ao sair da pista até os minutos finais, quando pulou para 12º. Seu companheiro, Charles Leclerc, foi o quinto.

O classificatório começa às 10h da manhã deste sábado, mas a corrida, no domingo, é mais cedo, com largada às 9h10.

Confira a classificação do treino livre do GP da Emilia Romagna
1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min14s726
2º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s297
3º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - +0s492
4º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +0s907
5º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +0s575
6º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +1s113
7º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s219
Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s240
9º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s335
10º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) - +1s356
11º Sergio Perez (MEX/Racing Point) - +1s383
12º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s441
13º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s824
14º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +1s835
15º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +1s838
16º Lando Norris (ING/McLaren) - +1s945
17º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +1s958
18º George Russell (ING/Williams) - +2s054
19º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +2s334
20º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +3s053

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.