PUBLICIDADE
Topo

Hamilton lidera o último treino antes da classificação do GP da Rússia

Lewis Hamilton, da Mercedes, nos treinos livres do GP da Rússia em Sochi - LAT Images/Mercedes
Lewis Hamilton, da Mercedes, nos treinos livres do GP da Rússia em Sochi Imagem: LAT Images/Mercedes
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

26/09/2020 07h01

Lewis Hamilton deu o troco no companheiro Valtteri Bottas e fez o melhor tempo no último treino livre antes da classificação para o GP da Rússia. O inglês fez um segundo setor impressionante para fechar em 1min33s279, mais de sete décimos à frente de Bottas, que liderou as duas primeiras sessões de treinos livres em Sochi, circuito em que costuma andar bem.

Prometendo ser uma briga entre os dois, a classificação para a décima etapa do campeonato começa às 9h da manhã, pelo horário de Brasília. A corrida tem largada às 8h10.

O espanhol Carlos Sainz fez o terceiro melhor tempo, mesmo não usando o novo bico da McLaren, que está sendo utilizado apenas por Lando Norris, que andou pouco na sessão e foi o último.

A Red Bull parecia bem mais estável do que nos primeiros treinos livres, o que deixou Max Verstappen vem mais próximo da Mercedes pela maior parte da sessão em relação à sexta-feira, quando os rivais ficaram a mais de um segundo dos carros alemães. A Mercedes venceu todas as seis corridas disputadas em Sochi até aqui.

Outra diferença é a temperatura: depois de os termômetros passarem dos 30ºC na sexta-feira, o sábado amanheceu nublado e a temperatura era de 26ºC durante a sessão.

O que não mudou em relação à sexta foi a dificuldade de os pilotos segurarem os carros na pista. Como o circuito é pouco usado ao longo do ano, ainda há muita sujeira fora da linha ideal. Alex Albon, da Red Bull, e Romain Grosjean, da Haas, pareciam ter mais dificuldades, e mas ninguém chegou a bater na terceira sessão. Albon, inclusive, teve sua melhor volta deletada por ter saído da pista e terminou em penúltimo.

Confira a classificação do 3º treino livre do GP da Rússia
1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min32s279
Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - +0s776
3º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +0s817
Esteban Ocon (FRA/Renault) - +0s960
5º Sergio Perez (MEX/Racing Point) - +0s973
6º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +1s027
7º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s315
8º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +1s453
Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s489
10º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +1s508
11º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s513
12º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +1s527
13º George Russell (ING/Williams) - +1s700
14º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s978
15º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s013
16º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +2s172
17º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +2s311
18º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +2s320
19º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +2s324
20º Lando Norris (ING/McLaren) - +2s702

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.