PUBLICIDADE
Topo

Especialista em Sochi, Bottas começa treinos livres na frente na Rússia

Mecânicos da Mercedes trabalham no carro antes de sessão de treinos livres em Sochi - Sebastian Kawka/Mercedes
Mecânicos da Mercedes trabalham no carro antes de sessão de treinos livres em Sochi Imagem: Sebastian Kawka/Mercedes
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

25/09/2020 06h29

Em uma de suas melhores pistas na temporada, Valtteri Bottas começou os treinos livres para o GP da Rússia na frente. O finlandês da Mercedes fez o tempo de 1min34s923 e foi 0s507 mais rápido que o segundo colocado, Daniel Ricciardo, da Renault. A terceira posição ficou com Max Verstappen, da Red Bull.

O líder do campeonato, Lewis Hamilton, parecia ter dificuldades nas freadas, fritou seus pneus duros, e não passou do 19º lugar. Mas o inglês chegou a fazer setores bastante rápidos na parte final do treino, já com os pneus duros muito desgastados, mas curiosamente parecia tirar o pé na parte final da volta. A impressão era de que a Mercedes estava dividindo o trabalho de coleta de dados entre os dois pilotos, e não de que ele tinha algum problema particular.

Hamilton não foi o único que teve dificuldades. A combinação entre um asfalto liso e a poeira, já que o circuito não é muito utilizado ao longo ano ano, fez com que a aderência estivesse bastante comprometida nesta primeira sessão. Com isso, vários pilotos perderam o controle de seus carros. Pior para Carlos Sainz, que acabou danificando a única asa traseira nova que a McLaren trazia para a corrida de Sochi, e Nicholas Latifi, da Williams, que perdeu boa parte da sessão depois de bater e causar uma bandeira vermelha.

Além dos dois, Romain Grosjean também rodou logo no reinício da sessão após a bandeira vermelha.

Mas a condição da pista já deve melhorar para a segunda sessão de treinos livres, que começa às 9h da manhã, pelo horário de Brasília. A tendência na Rússia é sempre uma evolução constante até a corrida. Isso vai ajudar os pilotos a preservarem seus pneus, algo importante já que a temperatura pela manhã em Sochi já estava em 27ºC e deve fazer ainda mais calor na segunda sessão, disputada à tarde na Rússia.

Confira a classificação do 1º treino livre do GP da Rússia
1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min34s923
2º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +0s507
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s654
4º Sergio Perez (MEX/Racing Point) - +0s873
5º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +1s042
6º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s138
Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s307
8º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s331
9º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s400
10º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s783
11º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +1s973
12º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +2s047
13º Lando Norris (ING/McLaren) - +2s187
14º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +2s278
15º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +2s307
16º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +2s507
17º George Russell (ING/Williams) - +2s672
18º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +2s726
19º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +2s793
20º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s861

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.