PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

Bottas lidera primeiro treino livre do GP dos 70 anos em Silverstone

Valtteri Bottas durante GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1  - WILL OLIVER/AFP
Valtteri Bottas durante GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 Imagem: WILL OLIVER/AFP
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

07/08/2020 08h30

As Mercedes começaram os treinos livres para o GP dos 70 Anos da Fórmula 1 na frente, com Valtteri Bottas, que foi confirmado na Mercedes em 2021 na quinta-feira, superando Lewis Hamilton. O finlandês, que tenta se recuperar neste final de semana em Silverstone depois de não pontuar no domingo passado, fez 1min26s166. Hamilton foi o segundo, 138 milésimos atrás do companheiro. Max Verstappen, da Red Bull, foi o terceiro, mas bem longe das Mercedes: 0s727 milésimos mais lento que Bottas.

Como Sergio Perez novamente testou positivo para coronavírus na quinta-feira, Nico Hulkenberg segue na Racing Point neste final de semana. O alemão começou bem, com um quarto lugar na primeira sessão de treinos livres. A equipe esteve no centro das atenções nesta manhã em Silverstone, tendo sido considerada culpada no protesto feito pela Renault acerca dos dutos de freio do carro que foi apelidado de Mercedes rosa devido à semelhança em relação ao carro de 2019 dos hexacampeões.

Os tempos da primeira sessão de treinos livres chamaram a atenção por serem mais de um segundo mais rápidos que os melhores tempos da sexta-feira passada, quando a F1 também correu em Silverstone. São duas as explicações: a Pirelli forneceu pneus mais macios e, com isso, mais aderentes, para este final de semana. E as condições climáticas da sexta em Silverstone devem se manter estáveis ao longo do final de semana, ao contrário do que aconteceu semana passada (quando fez muito calor na sexta e a temperatura caiu em mais de 10 graus durante o final de semana). Sabendo disso, os times estão mais focados para otimizar o rendimento dos carros justamente para este tipo de condição.

E também há uma preocupação em testar o limite destes pneus, depois que as Mercedes e Carlos Sainz, da McLaren, tiveram problemas no final da corrida da semana passada. Como os compostos são mais macios neste final de semana, os pneus devem durar menos voltas, fazendo com que os times tenham que adotar estratégias de duas paradas.

O segundo treino livre do GP dos 70 Anos da Fórmula 1 começa às 11h da manhã, pelo horário de Brasília.

Confira a classificação do treino livre em Silverstone:
Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min26s166
2º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +0s138
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s727
4º Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - +0s776
5º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +0s896
6º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s114
7º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s332
8º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +1s373
Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s487
10º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s535
11º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s541
12º Lando Norris (ING/McLaren) - +1s680
13º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s742
14º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +1s972
15º George Russell (ING/Williams) - +2s004
16º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s060
17º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +2s345
18º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +2s489
19º Robert Kubica (POL/Alfa Romeo) - +2s794
20º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +3s153

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.