PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Pole Position


Bottas é 1º e Mercedes faz dobradinha no último treino livre na Inglaterra

Valtteri Bottas com a Mercedes em Silverstone - LAT Images/Mercedes
Valtteri Bottas com a Mercedes em Silverstone Imagem: LAT Images/Mercedes
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

01/08/2020 08h00

As Mercedes colocaram ordem na casa depois de não aparecerem na frente em nenhum dos treinos livres de sexta-feira para o GP da Grã-Bretanha e fizeram a dobradinha no último treino livre antes da classificação da quarta etapa do campeonato. Valtteri Bottas foi o mais rápido, com 1min25s873, e seu companheiro e líder do campeonato, Lewis Hamilton, ficou com o segundo tempo, a 138 milésimos do líder. Outro que terminou a sexta-feira com um tempo ruim, fora do top 10, Max Verstappen, foi o terceiro, a 300 milésimos de Hamilton.

A classificação para o GP da Grã-Bretanha começa às 10h da manhã, pelo horário de Brasília.

Essa volta ao normal tem explicação: como esperado, a temperatura do ar caiu bastante - dos 36ºC da sexta-feira em Silverstone para 20ºC - e a condição de pista mudou bastante. Então as equipes estavam buscando um acerto pensando nestas condições.

Assim, depois de Lance Stroll fazer o melhor tempo da sexta-feira com a "Mercedes rosa", tamanha a semelhança de sua Racing Point e os carros dos campeões, o canadense terminou em quarto e Nico Hulkenberg, que está substituindo Sergio Perez, que está com coronavírus, neste final de semana, também terminou dentro do top 10.

O final de semana de GP da Grã-Bretanha continuou ruim para Alex Albon: o tailandês chegou a ser segundo no treino de sexta-feira, mas bateu e, neste sábado, ele já estava dentro do carro quando os mecânicos notaram algo errado na parte elétrica da Red Bull. Como a luz que indica que há fuga de energia do carro estava amarela, ele teve de sair do cockpit e o carro ficou isolado por bastante tempo até que o problema fosse solucionado. E ele só pôde ir à pista nos minutos finais do treino livre.

Outro piloto que sofreu com problemas técnicos neste final de semana foi Sebastian Vettel. Neste sábado, ele conseguiu andar normalmente no treino livre até 11 minutos para o final, quando novamente sentiu problemas no pedal. De qualquer maneira, o fato de ter perdido 2h30 das 3h de treinos livres de sexta-feira prejudicou seu ritmo: andando sempre bem mais lento que o companheiro Leclerc, ele terminou fora do top 10.

Confira a classificação do treino livre em Silverstone:
Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min25s873
2º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +0s138
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +0s300
4º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +0s703
5º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +0s791
6º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +0s898
Lando Norris (ING/McLaren) - +0s925
8º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +0s968
9º Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - +0s999
10º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s173
11º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s203
12º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s285
13º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s305
14º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s378
15º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s664
16º George Russell (ING/Williams) - +1s865
17º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +1s952
18º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +1s987
19º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +2s103
20º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s239

Pole Position