PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Pole Position


Possibilidade de prova em Ímola ainda em 2020 anima Ferrari e pilotos da F1

AlphaTauri deve andar com carros de 2018 e 2020 em Ímola no final de junho - Divulgação
AlphaTauri deve andar com carros de 2018 e 2020 em Ímola no final de junho Imagem: Divulgação
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

02/07/2020 14h25

Discute-se a possibilidade de a Itália receber mais uma corrida além de Monza, a fim de aumentar o encurtado calendário da Fórmula 1 em 2020. A Ferrari pressiona pela realização de mais um GP no país em setembro, que registraria a 1000ª participação do time na categoria. Neste cenário, Ímola surge como alternativa e agrada à escuderia e pilotos.

Em caso de nova prova, Ímola concorreria com a atual favorita Mugello, mas possui defesas importantes de pilotos que testaram recentemente o circuito. A temporada de 2020 da F1 começa neste fim de semana e tem oito provas confirmadas; a expectativa é que algumas provas ou o restante do calendário seja anunciado na Áustria.

"Imola é incrível e, para mim, foi uma das melhores experiências que tive pilotando um carro de F1. A história daquela pista a torna muito especial. Já era uma das minhas pistas favoritas antes, mas a última vez que pilotei lá tinha sido em 2013 com a Fórmula Renault, que é muito mais lenta", recorda-se Pierre Gasly, da AlphaTauri..

"Com a pressão aerodinâmica e velocidade que temos com esses carros de F1, e sendo uma pista das antigas, com áreas de escape pequenas e a adrenalina foi incrível. Adoraria ver Ímola no calendário", acrescentou o francês.

O companheiro de Gasly, Daniil Kvyat, também defendeu a presença de Ímola no calendário da F1 de 2020. Em virtude da pandemia do novo coronavírus, a temporada começa com três meses de atraso e sem o tamanho realmente definido pelos organizadores.

"Gostaria de ver Imola e Mugello no calendário. Seria muito especial tê-las no calendário porque são pistas de alta velocidade pouco comuns e é ótimo pilotar nesse tipo de pista com um carro de F1", afirmou o russo.

"Conhecia a pista de experiências passadas e foi muito bom voltar. É uma pista das antigas, bem ondulada, com curvas desafiadoras. Não tem essa de tentar deixar a pista lisa ou de tentar mexer nas zebras para tentar deixar tudo perfeito como em outras pistas mais novas", explicou Kvyat, antes de detalhar mais o desafio em Ímola.

"Algumas entradas de curva, como na Acqua Minerale, são muito rápidas e muito bacanas de fazer em um carro de F1. É muita adrenalina", encerrou o piloto da AlphaTauri.

Pole Position