PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Pole Position


Apontado como favorito na Áustria, Verstappen quer "ganhar todas" em 2020

Max Verstappen - Eva Plerier/Reuters
Max Verstappen Imagem: Eva Plerier/Reuters
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

02/07/2020 13h04

É fácil apostar em Max Verstappen para uma vitória na etapa de abertura da temporada da F1, na Áustria, neste final de semana. Afinal, ele venceu as últimas duas provas no circuito Red Bull Ring, vem com um motor Honda atualizado e a Red Bull mostrou, nos testes de pré-temporada, que deixou a Ferrari para trás e deve ser a segunda força na temporada.

Mas o holandês de 22 anos não está pensando só em dominar as montanhas da região da Estíria, que vão receber as duas primeiras etapas do campeonato. "Todo ano é diferente. Não tem garantia. Os últimos dois anos foram muito bons, mas não significa que eu chego aqui esperando que seja igual, especialmente agora porque a temporada é diferente. Preciso voltar ao ritmo primeiro, trabalhar no carro. E só então veremos quais são nossas chances. Claro que queremos ganhar todas as corridas, mas no momento é difícil dizer."

Perguntado se a possibilidade de a temporada ser bem mais curta do que o normal, ainda mais começando com duas provas em que ele pode conseguir sair na frente, Verstappen disse que, para ele, isso não faz diferença nenhuma.

"Não importa para mim, porque você quer ir bem em todos os finais de semana. Não entendo por que a abordagem seria diferente. Você sempre quer ter o melhor resultado possível. Se forem 8 provas, que seja. Ninguém chega numa corrida pensando que quer abandonar."

No momento, devido às incertezas causadas pelo coronavírus, apenas oito provas estão confirmadas no calendário, mas existe a expectativa de que mais corridas sejam confirmadas neste final de semana. Mesmo assim, a temporada não deve ter mais que 18 GPs, menos do que os 22 originalmente previstos.

Do lado da Mercedes, tanto o hexacampeão Lewis Hamilton, quanto seu companheiro Valtteri Bottas admitem que a Red Bull e Verstappen podem sim ser uma ameaça. "A Red Bull é a equipe que está mais próxima de nós e o Max está progredindo bastante, ano após ano, além de sempre ir bem nesta pista. Estou empolgado para ver o que vai acontecer", disse Hamilton.

Defendendo títulos em cinco das últimas seis temporadas, o inglês também tem motivos para se preocupar com a performance de Bottas na pista da Áustria, onde o finlandês já venceu corrida e costuma andar bem. "Gosto desta pista. Fiquei muito feliz em saber que teríamos duas corridas aqui. É difícil falar sobre o passado porque é uma temporada nova depois de uma longa pausa. Rivais estão chegando mais próximos, com a Red Bull e é claro que a Ferrari estará no bolo também. Não é a melhor pista para nós, e é nossa meta estar lutando pela vitória."

A Fórmula 1 finalmente volta à pista nesta sexta-feira, com os treinos livres, que serão disputados em duas sessões de 1h30, começando às 6h e às 10h pelo horário de Brasília. A corrida será domingo a partir das 10h10 e terá transmissão pela Rede Globo e pela rádio BandNewsFM.

Pole Position