PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Renan Dal Zotto tem melhora, mas segue intubado com covid

Renan Dal Zotto no duelo do Brasil contra o Canadá - FIVB/Divulgação
Renan Dal Zotto no duelo do Brasil contra o Canadá Imagem: FIVB/Divulgação
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

01/05/2021 16h02

Cinco dias depois de ser novamente intubado, o técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto segue no Centro de Terapia Intensiva (CTI), sedado e intubado, mas boletim médico divulgado hoje (1) pelo Hospital Samaritano do Rio de Janeiro aponta uma melhora no quadro clínico do treinador.

"O Hospital Samaritano Botafogo informa que o Sr. Renan Dal Zotto, técnico da seleção masculina de vôlei, segue internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da instituição. O paciente encontra-se sedado, em ventilação mecânica e seu estado de saúde permanece estável com melhora clínica evolutiva", diz o boletim.

Renan está internado com covid no Samaritano desde a segunda-feira da semana passada, há 12 dias. Ele chegou a ser intubado no fim daquela semana, sendo inclusive submetido a um cateterismo de emergência em duas artérias, mas apresentou melhora e foi extubado no sábado passado. À medida que a sedação foi sendo retirada, porém, seu quadro clínico se complicou e ele precisou ser novamente intubado no domingo à noite.

Enquanto o treinador está internado, a seleção brasileira masculina segue treinando no CT de Saquarema, sob o comando dos auxiliares técnicos de Renan. O time se prepara para jogar a Liga das Nações, na Itália, e os Jogos Olímpicos de Tóquio.