PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Superliga Feminina antecipa final e conhecerá campeão até segunda-feira

Thaisa comemora ponto pelo Minas  - Wander Roberto/Inovafoto
Thaisa comemora ponto pelo Minas Imagem: Wander Roberto/Inovafoto
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

29/03/2021 14h27

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou hoje (29) o calendário das finais da Superliga Feminina, que vai conhecer seu campeão, um time de Minas Gerais, até no máximo a próxima segunda-feira, dia 5 de abril. Como os arquirrivais Itambé/Minas e Dentil/Praia Clube precisaram de só dois jogos, cada um, para avançar nas semifinais, o calendário foi todo antecipado.

Os jogos vão todos acontecer em Saquarema (RJ), no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), o CT da CBV, em uma espécie de bolha, com alojamento e partidas acontecendo dentro de uma mesma estrutura com acesso controlado. As três partidas serão transmitidas pelo SporTV2.

O primeiro confronto da série melhor de três jogos é já nesta quinta (1), às 20h. A segunda partida, que já pode ser a decisiva, vai acontecer no sábado (3) à noite, às 21h. Caso seja necessário um terceiro duelo, ele está marcado para segunda-feira da semana que vem, dia 5 de abril, também às 21h.

Esta será a segunda vez seguida que a Superliga Feminina será decidida entre Minas e Praia, os dois principais times da atualidade no Brasil. Em 2019, a equipe de Belo Horizonte venceu as rivais de Uberlândia, campeãs no ano anterior vencendo o Rio de Janeiro na final. A temporada 2019/2020 foi suspensa devido à pandemia e não teve campeão.

Para chegar à final da atual temporada, o Minas, dono da melhor campanha na fase de classificação, atropelou o Brasilía nas quartas de final, com duas vitórias por 3 sets a 0, e depois passou pelo Sesi/Vôlei Bauru em dois jogos, o segundo deles ontem (28), com vitória por 3 a 2. Já o Praia começou os playoffs sofrendo contra o Barueri, mas avançando em duas partidas. Na semifinal, fez 3 a 0 e 3 a 0 sobre o Osasco, que tinha melhor campanha.