PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

Fabiana Claudino anuncia que está grávida e deve perder Olimpíada

Fabiana Claudino e o marido - Reprodução/Instagram
Fabiana Claudino e o marido Imagem: Reprodução/Instagram
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

28/10/2020 12h04

A bicampeã olímpica Fabiana Claudino já havia indicado que, com o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021, estava dividida entre continuar no vôlei ou engravidar, como era o planejamento inicial. Hoje (28) ela anunciou seu futuro: será mamãe. A estrela do vôlei brasileiro, capitã da seleção, está grávida.

"Há muito tempo venho adiando uma decisão importante. Sou jogadora desde os 14 anos e vivo nesse ritmo frenético de competições, clubes, seleção e viagens, sem parar. As realizações pessoais sempre ficaram de lado, mas chegou o momento. Uma nova e melhor fase da nossa vida está começando... AGORA SOMOS 3! Vocês não sabem o tanto que nós sonhamos com isso!", escreveu Fabiana no Instagram.

"Me sinto preparada para, junto com o meu amor, darmos o passo mais importante das nossas vidas. Sinto tanto amor nesse momento que não sei descrever. Um misto de sentimentos correm aqui dentro e de hormônios também! Estamos grávidos, eufóricos e ansiosos pelo nascimento desse bebê, fruto de muito amor", continuou.

Ouro em Pequim e em Londres, a central está com 35 anos e tinha planejado, se não encerrar a carreira, ao menos pará-la, para engravidar depois dos Jogos de Tóquio. O adiamento da Olimpíada, porém, frustrou seus planos iniciais. Fabiana então decidiu que, se conseguisse engravidar, ótimo. Se não, acertaria com algum clube, jogaria por mais uma temporada, e ficaria à disposição de José Roberto Guimarães para a Olimpíada.

Por isso, mesmo com a Superliga em vias de começar, ela não havia firmado contrato com nenhum clube, ainda. Tudo dependia de ela conseguir engravidar, o que agora ela anuncia que aconteceu. O futuro papai é compositor Vinicius de Paula, mais conhecido como ViniGram, filho do cantor e político Netinho de Paula.