PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

COB decide não realizar o Prêmio Brasil Olímpico em 2020

Bia Ferreira e Arthur Nory recebem o Prêmio Brasil Olímpico de 2019 -  Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte
Bia Ferreira e Arthur Nory recebem o Prêmio Brasil Olímpico de 2019 Imagem: Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

27/10/2020 18h03

A temporada atípica do esporte olímpico em 2020 não será encerrada com o tradicional Prêmio Brasil Olímpico. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) bateu o martelo e decidiu que, pela primeira vez em 21 anos, não irá realizar a premiação dos melhores da temporada.

Criado em 1999, o Prêmio Brasil Olímpico foi realizado quase anualmente desde então. O quase é porque a festa de 2016 precisou ser adiada para o início de 2017. Na ocasião havia uma ameaça de greve no Theatro Municipal do Rio, o COB fazia questão do palco nobre para festejar a Olimpíada do Rio, e adiou a cerimônia para março de 2017 - no final das contas, ela foi em outro local.

Agora, em 2020, não havia sentido fazer a premiação em um ano em que os atletas olímpicos de diversas modalidades praticamente não competiram. No atletismo, por exemplo, a temporada outdoor vai se resumir a um período de poucas semanas entre novembro e dezembro. Na natação não houve competição no país até aqui.

O Prêmio Brasil Olímpico tem sido realizado no Rio de Janeiro desde 2014, depois de uma edição em São Paulo. No último ano ele ocorreu na Cidade das Artes, na Barra, perto da sede do COB. Bia Ferreira e Arthur Nory foram escolhidos os melhores de 2019 entre todas as modalidades.