PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

Judocas Rafaela Silva e Eleudis Valentim se casam no Rio

Eleudis Valentim e Rafaela Silva - Reprodução
Eleudis Valentim e Rafaela Silva Imagem: Reprodução
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

22/10/2020 11h56

As judocas Rafaela Silva e Eleudis Valentim trocaram alianças nesta quinta-feira (22) em um cartório do Rio de Janeiro. As duas já eram noivas desde pouco mais de um ano atrás, quando a campeã olímpica fez uma surpresa para pedir a então namorada em casamento. Ela levou Eleudis a quarto de hotel todo decorado com balões dourados e prateados, incluindo aqueles que soletravam a frase fatídica: "Casa comigo?"

"Dia de realizar mais um sonho", postou Rafaela antes do casamento, nesta manhã. No Twitter, a judoca postou uma imagem dela, ainda em casa, com calça social e colete cinzas e gravata. Eleudis casou de branco, mas não de vestido. Pelo Instagram, compartilhou vídeo com calça, top e blazer, todos brancos.

Antes de serem namoradas, Rafaela e Eleudis foram colegas de seleção. As duas têm 28 anos, mas são de equipes diferentes (Eleudis é do Pinheiros, Rafaela do Reação) e de categorias diferentes (Eleudis da até 52kg, Rafaela até 57kg). O namoro delas é público desde maio do ano passado. Apesar de ser a número 29 do ranking mundial, Eleudis tem chances remotas de ir a Tóquio, porque na mesma categoria o Brasil tem Larissa Pimenta em oitavo..

Rafaela está na expectativa de poder voltar a competir. A judoca está suspensa por doping desde o final do ano passado, depois de ser flagrada com substância proibida ao ganhar o ouro nos Jogos Pan-Americanos. Ela recorreu à Corte Arbitral do Esporte (CAS), que tem até janeiro. Há expectativa, porém, que a decisão saia nos próximos dias. Se a punição de dois anos não for reduzida, Rafaela está fora de Tóquio.

+ Acompanhe o que mais importante acontece no esporte olímpico pelos perfis do Olhar Olímpico no Twitter e no Instagram. Segue lá! +