PUBLICIDADE
Topo

Ibope: Flamengo e Vasco bateram recorde de crescimento no YouTube

Atacante Pedro em Flamengo e Boavista, jogo com transmissão da FlaTV - Reprodução
Atacante Pedro em Flamengo e Boavista, jogo com transmissão da FlaTV Imagem: Reprodução
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

08/07/2020 15h03

Flamengo e Vasco, que transmitiram partidas do Campeonato Carioca em seus canais no YouTube, bateram recordes de crescimento nesta plataforma. Levantamento do Ibope Repucom mostra que, em 30 dias, plataforma de vídeos somou 1,1 milhão de novos inscritos nas contas oficiais de 50 clubes de futebol brasileiros, o maior crescimento em toda a série histórica.

O levantamento do Ibope Repucom aconteceu no dia 1º de julho, data em que o Flamengo transmitiu na FlaTV o duelo contra o Boavista. O jogo entre Vasco e Madureira, exibido pela Vasco TV no YouTube, aconteceu somente no dia seguinte. Mesmo assim, o número de seguidores do canal vascaíno disparou.

O Vasco tinha 517 mil seguidores no YouTube em 1º de junho e chegou a 661 mil no levantamento do Ibope, datado de 1º de julho. Nesta quarta, o canal (8), tem 717 mil inscritos. Nas contas do Ibope Repucom, o Vasco ganhou 144 mil inscritos em um mês no YouTube, seu recorde histórico.

Já o Flamengo, que chegou a ter mais de 2 milhões de espectadores simultâneos na partida contra o Boavista, tinha 3,380 milhões de inscritos no ranking digital de 1º de junho e saltou para 4,220 milhões no ranking de 1º de julho. Só neste dia, de acordo com o levantamento, a FlaTV ganhou meio milhão de seguidores. Os 840 mil novos inscritos na "Fla TV" correspondem a quase 80% de todas as inscrições no YouTube entre os 50 clubes brasileiros monitorados, segundo a consultoria. Hoje o canal já tem 4,75 milhões de inscritos.

O ranking digital mostra os seguidores dos perfis oficiais de cada clube em cinco redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e TikTok. Esta última tem impulsionado o crescimento dos demais clubes. O Corinthians, por exemplo, ganhou 101 mil seguidores nesta rede em junho. O São Paulo, 61 mil. No TikTok, o Cruzeiro é o destaque. Nono no ranking geral de seguidores, aparece em quarto nessa plataforma, só atrás de Flamengo, Corinthians e São Paulo.