PUBLICIDADE
Topo

Erro faz Instagram censurar vídeo de salto com vara: 'conteúdo delicado'

Instagram adiciona tarja em vídeo de salto com vara - Reprodução/Instagram
Instagram adiciona tarja em vídeo de salto com vara Imagem: Reprodução/Instagram
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

17/06/2020 14h52

O Instagram classificou um vídeo do atleta olímpico Augusto Dutra realizando um salto com vara como "conteúdo delicado". A tarja, que avisa que "este vídeo pode exibir conteúdo explícito ou de violência", foi incluída pela plataforma primeiro em uma publicação de uma página especializada em salto com vara. Depois, em postagem do próprio Augusto.

Procurada pelo Olhar Olímpico, o Instagram reconheceu, via assessoria de imprensa, que a ferramenta que identifica publicações violentas ou de conteúdo "explícito" cometeu um erro de avaliação. "Cometemos um erro e pedimos desculpas. O erro já foi corrigido", disse brevemente a empresa, sem explicar qual tipo de violência foi identificada na gravação.

O vídeo foi gravado no campo de atletismo do Esporte Clube Pinheiros, em bairro nobre de São Paulo, no final de 2018 e mostra Augusto realizando um salto acima de 5,70m depois de muito tempo. "Este vídeo foi censurado porque é extremamente excitante e estimulante, minha gente", brincou Augusto, na postagem.

A tarja foi incluída tanto no post publicado no feed do perfil de Augusto quanto nos Stories. "Estão levando para o lado da maldade o nome da minha prova", comentou Augusto na postagem. Ao Olhar Olímpico, disse que acha que a tarja foi adicionada por causa da "agressividade do impacto e do meu corpo voando". "Quando eu cai eu vibrei bastante", justificou.

Segundo ele, o Instagram não o procurou para pedir desculpas, mas a tarja acabou o ajudando. "Achei até legal, porque o pessoal vai querer clicar para saber o que é, aí assiste o vídeo. Vi como marketing", comentou, rindo.

Olhar Olímpico