PUBLICIDADE
Topo

Esporte olímpico brasileiro volta com vitória sobre ex-número 1 do mundo

Hugo Calderano - Divulgação/ITTF
Hugo Calderano Imagem: Divulgação/ITTF
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

11/06/2020 12h13

O primeiro atleta brasileiro "olímpico" a competir após a suspensão do calendário esportivo mundial pela pandemia voltou em grande estilo. Nesta quinta-feira (11), Hugo Calderano venceu o alemão Timo Boll, ex-número 1 do mundo, e levou a equipe dele à final da Bundesliga de Tênis de Mesa.

O Campeonato Alemão é o torneio nacional mais forte da Europa, reunindo boa parte das principais estrelas da modalidade. A Bundesliga é parecida com um campeonato de futebol, com duelos entre clubes. Vence o duelo a equipe que vencer mais partidas numa melhor de cinco, como os duelos de Copa Davis.

Calderano defende o Ochsenhausen, atual campeão, que nesta quinta-feira disputou a semifinal da Bundesliga contra o Borussia Düsseldorf, campeão nos cinco anos anteriores. O brasileiro abriu o dia perdendo por 3 a 1 para o sueco Kristian Karlsson, número 24 do ranking mundial, mas se recuperou fazendo 3 a 2 sobre Boll, atual 10º do mundo. Com o resultado, o Ochsenhausen fechou o duelo contra o Borussia em 3 a 2 e avançou à final.

A decisão será no domingo, contra o Saarbrücken, em uma reedição da final do ano passado. O duelo começa às 9h pelo horário de Brasília e será transmitido pelo site de Calderano, que hoje é o sexto do ranking mundial.

Volta da pandemia

Com a retomada das competições esportivas, alguns brasileiros que moram no exterior estão recebendo as primeiras oportunidades de competir. Também nesta quinta, Rodrigo Lee estreia no Korn Ferry Tour, torneio da divisão de acesso do golfe profissional norte-americano, na Florida. Lee é o número 1.085 do ranking mundial, terceiro melhor brasileiro.

No próximo fim de semana deverá ser a vez de Ygor Coelho, principal nome do badminton brasileiro. Ele treina e mora na Dinamarca, onde a modalidade é um dos esportes mais populares. Por lá, como no tênis de mesa da Alemanha, o campeonato nacional interclubes volta na semifinal. Duas equipes, porém, não concordaram com o retorno que entenderam precipitado e desistiram do torneio.