PUBLICIDADE
Topo

Grupo de hackers invade site da Secretaria do Esporte e ataca Bolsonaro

Site da Secretaria Especial do Esporte é hackeado - Reprodução
Site da Secretaria Especial do Esporte é hackeado Imagem: Reprodução
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

02/06/2020 19h31

O grupo Anonymous Brasil assumiu nesta terça-feira (2) a autoriza de um ataque hacker à versão mais antiga do site da Secretaria Especial do Esporte do governo federal. No endereço, que continuava no ar até mais cedo, foi postada uma mensagem ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), representado por uma montagem em que a imagem do político se confunde com a do palhaço Bozo.

"Para o governo Bolsonaro: estamos observando você. Podemos ver o que você está fazendo. Nós o controlamos, estamos em toda a parte. Lembre-se disso: as pessoas que você está tentando pisar são todos os que você depende", diz trecho da mensagem. "Nós controlamos todas as partes da sua vida. Juntos, estamos contra a injustiça do seu governo sujo e corrupto. Nós somos Anonymous. Somos uma legião. Unidos como um e divididos por zero. Não perdoamos as injustiças. Não esquecemos a opressão. E isso é só o começo", continua.

A autoria do ataque hacker foi assumida no Twitter pela página 'anonymous brasil' (com caixa baixa), que tem 132 mil seguidores e não é reconhecida pela página 'Anonymous Brasil" (com caixa alta), que tem 306 mil seguidores, e que ontem vazou dados particulares do presidente, de familiares e de aliados.

A página hackeada era do antigo Ministério do Esporte, que foi adaptada para ser da Secretaria Especial do Esporte quando houve mudança de hierarquia. Neste ano o governo realizou uma mudança de organização online e incluiu o Esporte na página do Ministério da Cidadania, que por sua vez fica dentro do domínio 'gov.br'. Essa página continua no ar. Em maio, o governo alegou dificuldades com transferência de informações de um servidor para o outro ao justificar por que não publicava a agenda do secretário especial do Esporte.

Olhar Olímpico