Milton Neves

Milton Neves

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Carlos Miguel, que vai embora por 'troco de pinga', evita revés corintiano

Corinthians 2 x 2 São Paulo

O Corinthians entrou em campo nesta tarde como uma grande zebra para o Majestoso válido pela nona rodada do Brasileirão.

E não só, é claro, pela fase da equipe em si.

Mas também pela enorme turbulência causada pelos atrapalhados cartolas alvinegros, que fazem com que diariamente o Timão bata o recorde de manchetes negativas Brasil e mundo afora.

E essa impressão se reforçou quando Lucas Moura, enquanto ainda chegavam torcedores à Neo Química Arena, abriu o placar para o Tricolor no clássico.

Um gol que assustou o time corintiano, mas que parece não ter animado tanto assim o escrete são-paulino.

Tanto que, aos poucos, o Corinthians foi gostando do jogo e, aos 31 minutos de bola rolando, Coronado marcou um golaço, de fora da área, em Jandrei.

Na sequência, o São Paulo retomou a vantagem, com gol contra de Cacá, mas o Timão buscou o resultado em pouquíssimos minutos, empatando o duelo com Mosquito (outro belíssimo gol).

No segundo tempo, a emoção só voltou a aparecer nos minutos finais, após a boba expulsão de Caetano.

Continua após a publicidade

Aí o São Paulo partiu para cima e só não venceu o duelo porque Carlos Miguel operou um milagre que certamente rodará o mundo!

Uma defesa que faz os dirigentes da Inglaterra rirem à toa, já que eles pagaram dinheiro de pinga em um goleiro que tem nível para jogar num Real Madrid ou Barcelona!

Ou seja, o empate pode até ter tido um doce sabor para o corintiano.

Mas lembrar que este goleiraço sairá do clube por mixaria deve estar sendo muito amargo para a Fiel.

Opine!

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes