Milton Neves

Milton Neves

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Gol relâmpago assusta, mas Itália 'acorda' contra a Albânia!

Itália 2 x 1 Albânia

O jogo mal havia começado, e com apenas 22 segundos de bola rolando Dimarco cobrou lateral para sua área sem notar que o albanês Bairami estava por ali. Com um chute seco, no alto, ele abriu o placar para a Albânia, registrando um recorde, do tento mais rápido da história das Eurocopas.

Deu a impressão que a Itália, atual campeã da Eurocopa, estava com sono, depois de uma bela macarronada, mas não foi bem isso...

Em dez minutos a Azzurra começou a espantar a zebra comandada pelo brasileiro Sylvinho.

Bastoni subiu livre para marcar de cabeça, em cruzamento certeiro de Dimarco, deixando tudo igual.

Cinco minutos depois, Barella fez um lindo gol de trivela.

Barella de trivela!

Até rimou!

Ordem restabelecida, a Itália tratou de ser cautelosa e ainda teve duas boas chances de liquidar a fatura, ainda na primeira etapa, mas encontrou um bom goleiro em seu caminho.

Continua após a publicidade

Na fase derradeira foi levando a partida para garantir a vitória em sua estreia, mas quase sofreu o empate nos acréscimos,

Manaj recebeu passe na direita, dentro da grande área, e tocou na saída de Donnarumma.

A bola desviou no goleirão italiano e raspou a trave direita...

Quase a Albânia arrancou um milagroso empate.

Bom, depois de a Espanha começar pelo mesmo grupo ganhando fácil da Croácia por 3 a 0, a Itália tinha mesmo a obrigação de vencer.

E, pela lógica, Espanha e Itália devem avançar no Grupo B.

Continua após a publicidade

Concorda?

OPINE!

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes