PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Santos FC: de candidato ao rebaixamento a um dos favoritos ao título!

Léo Baptistão, do Santos, durante partida contra o Cuiabá - Fabrício Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo
Léo Baptistão, do Santos, durante partida contra o Cuiabá Imagem: Fabrício Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

08/05/2022 19h55

Santos FC 4 x 1 Cuiabá

Alexandre Praetzel, meu competente companheiro da Rádio Brasileiro, tem uma frase que acho genial.

Para ele, "O Santos é o clube que mais se regenera no mundo".

E não é que ele tem toda razão nessa?

Quando tudo parece perdido, quando o Peixe parece em terra arrasada, as coisas, como que em um toque de mágica, começam a dar certo.

Como estão dando muito certo neste início de Brasileirão.

Não fosse a lotérica vitória corintiana em Bragança, o clube da Baixada seria novamente líder do Campeonato Brasileiro 2022.

E com um triunfo na Vila Belmiro para lá de convincente, diante de um Cuiabá que faz campanha melhor que a do Flamengo no Nacional, por exemplo.

Para ninguém botar defeito!

Ufa!

Que alívio!

E eu não sei até quando o Alvinegro terá pique para seguir brigando pela liderança do Brasileiro, é claro.

Mas, com 10 pontos em cinco jogos, já podemos dizer que o Peixe não correrá riscos de rebaixamento neste ano.

Ainda bem!

E sonhar com uma vaguinha direta na Libertadores, honestamente, não custa nada.

Não é mesmo?

Isso que dá desdenhar do Maior Clube da História da Bola!

Certo?

Opine!