PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: Primeira impressão é a que fica, e o Timão vai decepcionar em 2022!

Willian e Renato Augusto em ação pelo Corinthians contra a Ferroviária - Ettore Chiereguini/AGIF
Willian e Renato Augusto em ação pelo Corinthians contra a Ferroviária Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

25/01/2022 23h04

Corinthians 0 x 0 Ferroviária

A temporada não começou do jeito que a torcida corintiana gostaria.

O time que foi sendo reforçado ao longo de 2021, ganhou novas peças mas não conseguiu bater a Ferroviária na Neo Química Arena.

A pressão até foi grande, principalmente nos minutos finais, mas faltou um Cavani, um Suárez ou um Diego Costa para colocar a bola para o fundo do gol...

Brincadeira à parte, em que pese a tradição do time do interior paulista, mas a Ferroviária fez inúmeras contratações de última hora para o Paulista e se esperava que o Corinthians, mais entrosado, quinto colocado no Brasileirão passado, vencesse até com folga...

E não faltou muito para a Ferroviária encaixar um contra-ataque e voltar para Araraquara com três pontos!

Então, lembrei de um velho ditado popular, aquele que diz que "a primeira impressão é a que fica".

E essa primeira impressão sobre o Alvinegro me dá a clara ideia de que a temporada de 2022 tem tudo para ser decepcionante...

E olha que o elenco é bom, pelo menos no papel.

Mas tem o problema de muitos jogadores veteranos em uma temporada com tantas competições pela frente.

Ah, e o treinador...

Será que um empate assim, sem gols, já é suficiente para Sylvinho "balançar"?

O oferecido Jorge Jesus colocaria esse time para brigar com as principais forças do país?

OPINE!