PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

MN: Nada de 'medalhões', Verdão! Em time que está ganhando não se mexe!

Cavani comemora gol pelo Manchester United contra o Everton - Alex Pantling / POOL / AFP
Cavani comemora gol pelo Manchester United contra o Everton Imagem: Alex Pantling / POOL / AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

08/12/2021 09h47

Desde a chegada de Paulo Nobre e da Crefisa, o Palmeiras teve uma mudança brusca em sua história recente.

Deixou de ser um time que inspirava pena de seus rivais para se tornar um grande "papa títulos" no Brasil.

E isso, é claro, precisou de um pontapé inicial, com a equipe alviverde contratando de baciada por aí.

Todo começo de ano, claro, medalhões de diversas partes do mundo desembarcavam no CT da Barra Funda para ganhar milhões em salários.

Bem, e isso rendeu alguns títulos nacionais, como a Copa do Brasil de 2015 e os Brasileiros de 2016 e de 2018.

Mas acontece que a Libertadores, obsessão do palestrino, insistia em não voltar para as mãos do clube do Allianz Parque.

E quando isso aconteceu?

Justamente quando a empresa e o clube decidiram segurar um pouco os gastos nas contratações e focar no bom plantel que já tinha lá na Barra Funda.

Alguns medalhões foram negociados, outros bem aproveitados e a exemplar base começou a ganhar espaço na equipe.

E foi aí que o Palmeiras deslanchou, combinando tudo isso com a chegada do ótimo Abel Ferreira.

Por isso tenho ficado surpreso com esse papo todo rolando na mídia sobre os possíveis alvos do Verdão para a temporada que vem.

Nomes - não vou citar, mas você já deve ter visto por aí - muito bons, é verdade.

Mas que nada têm a ver com a nova filosofia do clube.

Como a gente dizia lá em Muzambinho, em time que está ganhando não se mexe.

E se for para gastar dinheiro, que façam o possível e o impossível para segurar Abel Ferreira no Allianz Parque.

Nem que tenham que rebocar Portugal para mais perto do Brasil.

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL