PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: Apito ajuda mais o Timão do que a torcida em Itaquera!

Fábio Santos comemora gol pelo Corinthians sobre o Athletico-PR, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão 2021 - Marcello Zambrana/AGIF
Fábio Santos comemora gol pelo Corinthians sobre o Athletico-PR, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão 2021 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

28/11/2021 17h55

Corinthians 1 x 0 Athletico-PR

Com a iminente soberania do Galo, seguido por Palmeiras e Flamengo, restará aos demais as "migalhas", principalmente em se tratando do modorrento campeonato por pontos corridos, hoje, "Brasileirão de Amistosos".

E o Corinthians pinta como um mero coadjuvante em 2022, ainda que possa, meio que "na bamba", levantar um troféu aqui e outro ali, como o do Paulista e, quem sabe, com muito esforço, da Copa do Brasil.

Pois em termos de Libertadores e Brasileirão, as chances são praticamente nulas para o Alvinegro de Parque São Jorge.

Neste domingo, na mais uma vez lotada Neo Química Arena (tomara que essa tal variante ômicron não atrapalhe mais as nossas vidas), o time de Sylvinho precisou de uma bela mão do sempre fiel "Apito Amigo" para derrotar o Furacão.

Um pênalti pessimamente marcado, pois o jogador do time paranaense (Marcinho) estava apoiando-se com o braço esquerdo no chão, onde a bola tocou.

Jogador não "flutua", oras bolas, por mais que essa expressão "flutuar" faça parte do vocabulário futebolístico hoje em dia...

O árbitro deveria ter revisado o lance no VAR, claro, mas não foi!

É verdade que o Timão havia criado mais chances, incluindo uma bola na trave no primeiro tempo, com Jô, mas esse pênalti, minha nossa...

Fábio Santos, que bateu a infração, fez com precisão, como de praxe, no alto direito do goleiro Santos.

Mas a verdade maior ainda, é que o melhor amigo alvinegro em Itaquera é mesmo o apito, supera seu fiel e vibrante torcedor com folga...

OPINE!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL