PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

MN: No fim da contas, o SP se apequenou enquanto o Palmeiras se agigantou

Rigoni se esforça para alcançar a bola no jogo do São Paulo contra o Sport - Marcello Zambrana/AGIF
Rigoni se esforça para alcançar a bola no jogo do São Paulo contra o Sport Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

27/11/2021 23h27

São Paulo 2 x 0 Sport

Todo mundo se lembra da afirmação de Carlos Miguel Aidar, ainda em 2014, quando era presidente do São Paulo, sobre o rival Palmeiras estar se apequenando.

Pois é, mas como o mundo da bola dá muitas voltas, tivemos neste sábado o oposto sendo escancarado.

Hoje, em Montevidéu, o Palmeiras venceu a sua terceira Libertadores ao bater o forte time do Flamengo por 2 a 1.

Horas mais tarde, o São Paulo venceu com muitas dificuldades o time do Sport, por 2 a 0, e, na bacia das almas, se livrou do rebaixamento para a Série B.

Pelo menos neste ano, né?

É, porque time que muito bate na trave uma hora acaba caindo.

E sinto que a hora do São Paulo está cada dia mais próxima.

Se não rolar uma brusca reformulação no elenco tricolor para o ano que vem, o risco de beirar o Z-4 novamente é gigantesco.

E o que resta ao torcedor são-paulino é acompanhar esta luta inglória de seu time enquanto um de seus maiores rivais segue mandando no futebol sul-americano.

Como disse no início do texto, o mundo da bola dá voltas mesmo!

Bem feito!

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL