PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: Tropeço do Galo foi só para dar vã esperança ao Mengo...

Jogadores do Atlético-MG comemoram gol de Nathan Silva contra o Atlético-GO - Heber Gomes/AGIF
Jogadores do Atlético-MG comemoram gol de Nathan Silva contra o Atlético-GO Imagem: Heber Gomes/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

17/10/2021 20h14

Atlético-GO 2 x 1 Atlético-MG

Disparado na liderança, o Galo pode se dar ao luxo, de às vezes, de um tropeço como o de hoje contra o Atlético Goianiense.

Depois de 18 jogos de invencibilidade no Brasileiro, finalmente uma derrota.

Isso acontece.

O Maior de Minas saiu na frente com Nathan Silva (que começou a temporada no Atlético-GO), mas Janderson empatou em erro de saída de bola mineira e levou a virada com Oliveira, tudo na etapa final.

Parabéns ao Atlético Goianiese por ter derrubado o quase invencível xará de Minas!

A tática do Galo, que já está com uma mão na taça do Brasileiro é simples, mais ou menos como aquele piloto da Fórmula 1 que está liderando a corrida com grande vantagem e pode dar "uma erradinha", escapar da pista e voltar, pois tem muitos segundos sobre o segundo colocado.

Digamos, então, que esta derrota no Paraíso Verde e Plano do Brasil tenha sido apenas uma derrapadinha que não terá maiores consequências no final das contas.

Porque o Maior de Minas vai liderar até a 38ª rodada, mas bem antes disso já terá garantido o caneco!

Fiquem tranquilos torcedores do Galo.

E, cá entre nós, será que em sã consciência tem algum flamenguista ainda esperançoso pelo tri consecutivo?

OPINE!

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi publicado, o Flamengo briga pelo tricampeonato brasileiro consecutivo, e não pelo bicampeonato. O erro foi corrigido.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL