PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Milton: Chegou o dia de o campeão brasileiro de 87 sofrer com o Galo

Hulk, do Atletico-MG, em campo contra o Sport - Paulo Paiva/AGIF
Hulk, do Atletico-MG, em campo contra o Sport Imagem: Paulo Paiva/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

18/09/2021 04h00

Ah, os modorrentos pontos corridos…

O campeonato fica numa chatice só, não é mesmo?

E isso porque, na 21ª rodada, que começa hoje, nós já temos quase certeza de quem levará o troféu do Brasileirão deste ano.

Ah, gente, sem chances de alguém conseguir encostar no Galo, convenhamos…

Na Copa do Brasil e na Libertadores, como contam com o maravilho mata-mata, tudo pode acontecer.

Mas com turno e returno em pontos corridos o embalado Atlético de Cuca pode até bater o recorde de pontos em uma única edição do Brasileiro (o recorde atual pertence ao Fla de Jorge Jesus, com 90 pontos).

E o Maior de Minas já está com 42, quase a metade do que conseguiu o Rubro-Negro carioca em 2019.

Bem, e por falar em Rubro-Negro, chegou a vez de o legítimo campeão brasileiro de 1987 sofrer nas garras do Galo.

Afinal, chance zero de o Sport, penúltimo colocado da competição, frear a sequência positiva do Atlético-MG no Mineirão.

Já podem somar mais três pontos aí na conta do Galo!

E menos um jogo na busca pelo bi (que poderia ser penta, não fosse o apito) do Brasileirão.

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL