PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Olho neles: cinco brasileiros devem movimentar o mercado da bola na Europa

Raphinha e Antony se abraçam durante jogo da seleção brasileira pelas Eliminatórias - Lucas Figueiredo/CBF
Raphinha e Antony se abraçam durante jogo da seleção brasileira pelas Eliminatórias Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Marcelo Hazan

Marcelo Hazan é jornalista formado desde 2010. Trabalhou em "LANCE!", "A Tribuna", ge e GOAL como repórter. Cobriu Copas do Mundo 2014 (Brasil) e 2018 (Rússia), Copa América 2015 (Chile), Olimpíada 2016 (Rio) e Mundial de Clubes 2011 (Japão). Também é narrador esportivo, com experiência em Liga dos Campeões, Libertadores sub-20, Paulistão, Carioca e Brasileirão (este para sinal internacional)

Com Bruno Andrade

24/05/2022 11h05

Cinco brasileiros deverão movimentar as próximas semanas de mercado da bola, cada vez mais agitado com o fim das principais ligas europeias. Entre eles estão Gabriel Jesus (Manchester City), Antony (Ajax), Raphinha (Leeds), Richarlison (Everton) e David Neres (Shakhtar Donetsk). Eles poderão se transferir nesta próxima janela de verão, a mais importante da Europa.

Caso isso se confirme, clubes como Palmeiras (Gabriel Jesus), São Paulo (Antony e David Neres), Fluminense, América-MG (ambos com Richarlison) e Avaí (Raphinha) poderão lucrar por serem formadores.

Gabriel Jesus, campeão da Premier League - Oli SCARFF / AFP - Oli SCARFF / AFP
22.5.22 - Gabriel Jesus e Jack Grealish, do Manchester City, com o troféu de campeão da Premier League. Atacante agora pode se despedir dos Citzens
Imagem: Oli SCARFF / AFP

Gabriel Jesus está decidido a fazer uma transferência nesta janela, e o Arsenal avançou nas conversas, embora ele também seja pretendido por outros clubes, como por exemplo o Tottenham, segundo o Telegraph. O Manchester City quer 60 milhões de euros (R$ 324,5 milhões) e as negociações caminham para pelo menos 50 milhões de euros (R$ 270 milhões). Campeão inglês com o City, ele foi novamente convocado pela seleção brasileira, tem contrato até junho de 2023 e a ideia é buscar um acordo por uma saída amigável.

Outro brasileiro que também poderá jogar a Premier League na próxima temporada 2022/2023 é Antony. O brasileiro do Ajax foi sondado por Liverpool e Manchester United, além do Newcastle, este correndo por fora. Os Red Devils têm a vantagem de contar agora com o treinador recém-contratado Erik ten Hag, com quem o ex-são-paulino trabalhou nas duas últimas temporadas na Holanda. O São Paulo, aliás, conta muito com a transferência de Antony para receber dinheiro com os 20% de mais-valia (lucro) a que tem direito e amenizar sua dívida milionária.

Fundamental para ajudar o Everton a fugir do rebaixamento e se manter na elite inglesa, Richarlison poderá trocar de clube dentro da Premier League. Mas o Everton vai querer lucrar alto com uma eventual transferência. Sondado por Tottenham, Newcastle e Manchester United, ele tem contrato até junho de 2024 e foi novamente convocado pela seleção brasileira de Tite.

Richarlison, do Everton  - Chris Brunskill/Getty Images - Chris Brunskill/Getty Images
Richarlison, destaque de um Everton oscilante na Inglaterra
Imagem: Chris Brunskill/Getty Images

Além de Richarlison, Raphinha é outro brasileiro protagonista na luta contra o rebaixamento na Premier League, mas com a camisa do Leeds. Ele foi alvo de recente proposta do Barcelona. Os ingleses aguardavam o desfecho da competição local para depois tratar de uma possível transferência. Herói na permanência, ele festejou o feito nas arquibancadas com a torcida e pagou uma promessa na qual atravessou o gramado de joelhos. Foram 11 gols e três assistências em 36 jogos. Seu contrato é válido até junho de 2024.

Sem jogar por causa da guerra na Ucrânia, David Neres, do Shakhtar Donetsk, também prepara uma transferência para este mercado. O Benfica tem negociação encaminhada pelo brasileiro, mas ainda não finalizou o negócio no qual pretende incluir uma dívida dos ucranianos pela compra de Pedrinho. Diante dessa indefinição, a Juventus fez uma consulta pelo atacante.

Além dos cinco, brasileiros com contrato até junho como Daniel Alves (Barcelona) e Fernandinho (Manchester City) conversam para definir seus futuros. O lateral negocia uma renovação. O volante se despediu do City e é pretendido pelo Athletico-PR.

A janela de verão abre entre junho (Inglaterra e Holanda) e julho (Itália, Espanha, França, Alemanha e Portugal) nos principais países do futebol europeu.