PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Diego Costa curte férias prolongadas e não tem pressa para definir futuro

Diego Costa entrou em campo pela última vez, no Atlético-MG, em dezembro de 2021 - Alessandra Torres/AGIF
Diego Costa entrou em campo pela última vez, no Atlético-MG, em dezembro de 2021 Imagem: Alessandra Torres/AGIF
Bruno Andrade

Mora em Lisboa desde 2015. Começou a carreira no LANCE! e depois virou correspondente internacional da Goal.com. Atualmente, trabalha também no Maisfutebol e na CNN/TVI, ambos de Portugal - esteve antes no jornal O JOGO e Canal 11.

Colunista do UOL

12/05/2022 09h08

Diego Costa rescindiu contrato com o Atlético-MG em janeiro deste ano e, desde então, curte ao máximo as férias prolongadas. Divide o tempo entre Brasil e Espanha, sempre na presença de amigos e familiares, e não tem pressa para definir o próximo passo na carreira.

Aos 33 anos, o veterano atacante avisou nos bastidores que gostaria de um novo - e possivelmente último - desafio no futebol espanhol. Já teve recentemente o nome discutido, por exemplo, no Rayo Vallecano e no Getafe, mas as situações não evoluíram.

Assim que deixou o Galo, onde foi campeão brasileiro no passado e entrou em campo pela última vez em dezembro, o brasileiro naturalizado espanhol chegou a negociar com o Corinthians. Divergências financeiras, no entanto, atrapalharam o acordo.

Nas últimas semanas, o Diego Costa foi também alvo de sondagens de clubes asiáticos, sobretudo dos Emirados Árabes Unidos. Apesar das altas cifras em jogo, o goleador recusou, a princípio, levar para frente com qualquer conversa.

Diante do cenário imprevisível e com poucos avanços concretos no mercado da bola, algumas pessoas próximas ao ídolo de Atlético de Madrid e Chelsea não descartam até mesmo um ponto final na profissão.