PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Inter procura Shakhtar e faz oferta de empréstimo por Marlon

Marlon foi comprado pelo Shakhtar em 2021 por 12 milhões de euros - Reprodução
Marlon foi comprado pelo Shakhtar em 2021 por 12 milhões de euros Imagem: Reprodução
Bruno Andrade

Mora em Lisboa desde 2015. Começou a carreira no LANCE! e depois virou correspondente internacional da Goal.com. Atualmente, trabalha também no Maisfutebol e na CNN/TVI, ambos de Portugal - esteve antes no jornal O JOGO e Canal 11.

Colunista do UOL

22/03/2022 15h55

*Com Marinho Saldanha

Na busca por um zagueiro no mercado da bola, visto que caminha para perder Bruno Méndez, cujo empréstimo do Corinthians termina em maio, o Inter procurou o Shakhtar Donetsk e formalizou uma oferta de cedência até dezembro por Marlon. Até agora, o clube ucraniano não deu uma resposta sobre a investida gaúcha.

Também com sondagens da Itália, onde representou o Sassuolo durante três temporadas, o defensor de 26 anos tem priorizado a permanência no futebol europeu, mas ainda aguarda uma decisão oficial do clube ucraniano.

Apesar do forte interesse do Colorado, o Shakhtar promete fazer jogo duro para negociar o jogador revelado pelo Fluminense e com passagens por Barcelona e Nice, especialmente porque investiu pesado para contratá-lo em junho de 2021: 12 milhões de euros (R$ 72 milhões, na ocasião), com bônus por metas atingidas.

Marlon, no entanto, não é o único zagueiro que pertence ao Shakhtar Donetsk que está na mira dos gaúchos. O primeiro alvo foi o jovem Vitão, ex Palmeiras, também num negócio por empréstimo com duração até dezembro. Porém, as conversas pelo defensor de 22 anos estão paradas desde a semana passada.

Até pela maior facilidade para obter um eventual acordo, visto uma questão de valorização de ativo, o clube gaúcho vê Vitão como primeira opção - sabe que a contratação de Marlon, que foi uma alta e recente aquisição dos ucranianos, depende de diversos fatores de mercado. A chegada dos dois juntos ao Beira-Rio é considerada inviável.