PUBLICIDADE
Topo

Mercado da Bola

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Com Renato Gaúcho "muito caro", Sylvinho ganha força no Corinthians

Sylvinho está livre no mercado desde outubro de 2019 - LOIC VENANCE / AFP
Sylvinho está livre no mercado desde outubro de 2019 Imagem: LOIC VENANCE / AFP
Bruno Andrade

Mora em Lisboa desde 2015. Começou a carreira no LANCE! e depois virou correspondente internacional da Goal.com. Atualmente, trabalha também no jornal A BOLA e na TVI, ambos de Portugal - esteve antes no jornal O JOGO e Canal 11.

Colunista do UOL

17/05/2021 16h05

Sylvinho tem ganhado cada vez mais força nos bastidores do Corinthians nas últimas horas. Renato Gaúcho é neste momento o favorito da diretoria para assumir o posto deixado por Vagner Mancini, mas, por causa do alto salário, a busca pode passar por um nome mais viável do ponto de vista financeiro.

Livre no mercado da bola desde que deixou o comando do Lyon, em outubro de 2019, o ex-lateral-esquerdo seguiu na Europa, tendo mudado no ano passado para o Porto. De Portugal, tem avaliado com bastante cautela as possibilidades para o futuro.

Apesar de priorizar uma recolocação no Velho Continente, Sylvinho, hoje com 47 anos, não descarta trabalhar no futebol brasileiro, desde que venha a ter em mãos um projeto interessante a longo prazo.

A boa relação do jovem treinador com os dirigentes do Timão, com quem trabalhou entre 2013 e 2014, no período em que foi auxiliar de Tite, pesa a favor de uma eventual negociação.

Atualmente, Sylvinho é agenciado pelo ex-lateral Fábio Aurélio e também ex-atacante Edu Schmidt, além de ter convidado recentemente o ex-volante Doriva, que já treinou São Paulo, Vasco e Bahia, para fazer parte da comissão técnica.