PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Marília Ruiz: O verde-amarelo do tricolor Daniel Alves

Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

23/06/2021 09h37

Vou usar o exemplo do Daniel Alves para tentar retratar o absurdo que é o desrespeito ao torcedor brasileiro.

Todo mundo entende que o jogador tem seus direitos.

Todo mundo entende que o clube tem seus deveres.

Todo mundo compreende as necessidades da Seleção (ou da seleções).

Quem entende o torcedor? Melhor: quem respeita o torcedor?

A convocação de Daniel Alves para os Jogos de Tóquio é acintosa. O vídeo de Daniel Alves com a camisa tricolor declarando seus sonhos verde-amarelos olímpicos é um tapa na cara do torcedor, cujo clube do coração será desfalcado em muitos jogos.

E vai piorar, lamento informar.

A médio prazo, por motivos de remarcação de jogos as Eliminatórias, teremos 6 datas-Fifa ainda em 2021. Sabe-se que Daniel Alves é alvo certo das próximas listas de Tite.

Então, meus caros, a tal dívida do São Paulo com o jogador ficará cada vez mais "alta". Como diria o sincero vice da CBF, "quem mandou o São Paulo contratar um jogador de Seleção"?

E assim, com esse apego cada vez menor pelo verde-amarelo, os torcedores do São Paulo seguem mais preocupados com o Cuiabá do que com a Colômbia.

Sim, não custa prestar o serviço: além de São Paulo x Cuiabá, teremos o supimpa Brasil x Colômbia na rodada desta quarta-feira. Iupi!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL