PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Marília Ruiz: Sem brasileiros, Florida Cup mira europeus e vacinados

Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

02/06/2021 15h47

O torcedor do Arsenal não tem um dia de paz...

Um Arsenal (dessa vez não "pegamos" nem nossa vaguinha na Uefa League) x Inter de Milão (campeã italiana) para animar o público a retomar as arquibancadas em um país onde as restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus têm caído graças à vacinação em massa da população: esse é um dos cartões de visitas da nova edição da Florida Cup que acontecerá no mês que vem em Orlando (EUA).

Em um momento em que as ligas americanas retomam as atividades com público e até incentivam a vacinação dos seus fãs para lotar ainda mais as suas arquibancadas, a Florida Cup aposta no primeiro verão pós-covid com grande flexibilização das restrições para surfar a onda da lotação dos parques famosos de Orlando.

"Esperamos oferecer uma experiência de treinamento excepcional para os clubes participantes e, ao mesmo tempo, também proporcionar uma semana emocionante única de entretenimento aos fãs locais e aos torcedores dos clubes", disse Ricardo Villar, CEO da competição.

O torneio, que nos últimos anos tem levado sequencialmente times brasileiros em pré-temporada, neste ano terá apenas europeus e um colombiano (Arsenal, Everton, Inter de Milão e Millionarios). Uma semifinal será entre Arsenal x Inter de Milão, e a outra, entre Everton x Millionarios.

A final será disputada entre os vencedores dos embates! Sim, uma FINAL! Normalmente os times brasileiros optam por um regulamento sem final para não "prejudicar" a temporada...

Quem quiser ver in loco como nós torcedores do Arsenal sofremos, terá de desembolsar entre US$ 113 e US$ 320 pelo ingresso. Haja Avengers para nos defender de Lukaku e companhia...