PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz: CBF diz priorizar saúde. Eu conto ou vocês contam?

Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

11/08/2020 10h57

Sem adjetivos para comentar o desfecho do comunicado oficial (entrevista nem pensar) da CBF sobre a mudança do protocolo de saúde para o Campeonato Brasileiro:

"A CBF reafirma seu compromisso de realizar as competições previstas em seu calendário, sempre colocando como prioridade a saúde de todos os que fazem parte do nosso futebol. E ressalta que qualquer decisão sempre é tomada levando em conta a segurança das pessoas envolvidas nas partidas."

Quem acredita que a prioridade é a saúde?

Quem acredita que, ao decretar que poderão ser marcadas partidas da mesma equipe com 48h de intervalo, a prioridade é a saúde?

Quem acredita que, ao "acusar o golpe" antes da primeira rodada, a CBF tem certeza de que seu protocolo é 100% seguro?

Quem???

Eu conto ou vocês contam?

PS: Desculpe incomodar, mas quando é que a CBF vai sair do sono profundo e "canetar" uma ordem para sabermos quais os motivos legais para adiar/suspender uma partida ou decretar WO por casos múltiplos de Covid. Porque já, já, aviso, haverá 2 pesos e 2 medidas...

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.