PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz

Vaivém da quarentena não afeta futebol de SP

Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

27/06/2020 12h57

A reclassificação das 17 zonas do Estado por causa do avanço e aceleração do número de casos de pessoas contaminadas pelo coronavírus (principalmente no interior) no Estado de SP não mudou a programação de retomada de treinos do times da série A-1 do Paulista.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Esportes ao Blog.

A liberação de treinos nos CTs a partir de 1 de julho está mantida porque, segundo a secretaria, "houve tempo hábil de testar todos os atletas, e os positivos estão devidamente isolados".

Procurada, a FPF confirmou a informação.

Assim, por exemplo, Botafogo-SP, Ituano e Ferroviária cujas cidades voltaram para a zona vermelha (maiores restrições; apenas serviços essenciais liberados) poderão voltar aos treinos. A situação, entretanto, é passível de mudanças. O próprio governador João Dória mandou o recado: "Não vamos apressar nada. Não vou ceder a pressões e não há data para jogos de competição. Apenas para treinos."

Os treinos, assim, seguem liberados para todos.

"Mas a princípio nenhuma determinação diferente a esse respeito", disse, via assessoria, o secretário Aildo Ferreira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.