Luís Rosa

Luís Rosa

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Como esperado, Estêvão assume o protagonismo no Palmeiras

Único que sobrou do trio do bilhão de reais formado e criado na base do Palmeiras com Endrick e Luís Guilherme, Estêvão, com as duas assistências para os gols da vitória, por 2 a 0, sobre o Vasco no Allianz Parque, vai pavimentando como destaque da equipe no pouco tempo que deve permanecer no futebol brasileiro.

Como só pode deixar o Palmeiras quando completar 18 anos, Estêvão será visto nos gramados até o dia 24 de abril do ano que vem. Pelas negociações em andamento, o garoto deve ser jogador do Chelsea, da Inglaterra, mas como tem talento para mostrar muito mais repertório, ele pode se mudar para outro mercado.

Em um jogo de ataque contra a defesa, o Palmeiras encurralou o Vasco da Gama. Assim brilhou Estêvão, que deu o passe para o gol de Piquerez. Poderia ter sido mais no primeiro tempo, mas o goleiro Léo Jardim fez a diferença.

Na etapa final, o Palmeiras não precisou de muito esforço para marcar o segundo gol, que contou com a inteligência de Estêvao, que acreditou em uma jogada na ponta direita, chegou à linha de fundo e deu o cruzamento para o gol de Rony.

Com a ajuda do VAR, o árbitro Ramon Abatti anulou gol do vascaino Vegetti e depois do palmeirense Zé Rafael.

O novo Palmeiras que está sendo moldado pelo técnico Abel Ferreira, também não conta mais com a experiência do zagueiro Luan, que se despediu antes da partida pois acertou a sua transferência para o Toluca, do México.

Bom para o zagueiro Naves, outra cria da base. Com a ausência de Gustavo Gómez, que vai defender a seleção paraguaia na Copa América, o garoto, que foi bem contra o Vasco, vai ganhar bagagem e mostrar que pode receber mais oportunidades.

Ao fazer pela primeira vez o dever de casa neste Brasileirão, o Palmeiras engata a segunda vitória seguida na competição, soma 14 pontos em oito rodadas, ocupa a sexta posição e está a três pontos do líder Flamengo.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes