PUBLICIDADE
Topo

Julio Gomes

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Eliminatórias europeias: Rodada de jogos grandes para Espanha e Inglaterra

Espanha e Grécia empataram pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo - Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images
Espanha e Grécia empataram pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo Imagem: Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

29/03/2021 19h39

As eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022 terão a terceira rodada de jogos disputada entre terça e quarta-feira, encerrando a Data Fifa - depois disso, os jogadores voltam a seus clubes, acabam a temporada europeia e, no meio do ano, alguns estarão na Euro-2020. Depois dos jogos das duas primeiras rodadas, a grande decepção, sem dúvida alguma, é a Espanha.

O time de Luís Enrique empatou com a Grécia por 1 a 1 e só ganhou da Geórgia (2 a 1) porque arrumou um gol improvável de Olmo já nos acréscimos. Na quarta, a Espanha recebe Kosovo, em Sevilla. O treinador já avisou que o futebol não vai melhorar. O resultado deve, sim, ser mais contundente, dada a fraqueza do adversário.

O fato é que a Espanha, com um time jovem e poucos nomes de peso, vai chegar com um milhão de interrogações em cima dela na Eurocopa. E deu sorte de só enfrentar a Suécia, sua grande adversária no grupo, no segundo semestre.

O grande jogo do encerramento desta Data Fifa também será na quarta: Inglaterra x Polônia, em Wembley. São as duas seleções mais fortes do grupo, e os poloneses já deixaram pontos pelo caminho ao empatarem com a Hungria. Se vencer o confronto direto, a Inglaterra dá um passo enorme para garantir a vaga na Copa como primeira colocada do grupo, além de ganhar um impulso de confiança antes da Euro.

A Inglaterra tem Kane, autor de 15 gols nos últimos 11 jogos de eliminatórias para Copa ou Euro. A Polônia deve ter um desfalque gigantesco: Lewandowski. Se conseguir sair com um ponto de Wembley, será um lucro enorme.

OUTRAS FAVORITAS

Além da Inglaterra, que bateu San Marino e Albânia, as outras favoritas que venceram as duas até agora são Itália e Alemanha. Portugal não ganhou as duas porque teve um gol legítimo de Cristiano Ronaldo inacreditavelmente invalidado contra a Sérvia, em Belgrado, aos 48min do segundo tempo (o jogo acabou empatado em 2 a 2 e o juiz foi ao vestiário português pedir desculpas).

Se tivesse vencido fora de casa, Portugal teria deixado a vaga na Copa bastante encaminhada. De qualquer forma, ainda é o time mais forte do grupo e deve se recuperar nesta terça, em Luxemburgo.

A renovada Itália, invicta desde setembro de 2018, passou sem problemas por Irlanda do Norte e Bulgária e, na quarta, deve ganhar da Lituânia. Vai chegar forte para a Euro. A vaga direta na Copa deve ficar para os duelos diretos com a Suíça, que também venceu as duas.

A Alemanha, com um time baseado na força do Bayern (não poderia ser de outra forma), venceu Islândia e Romênia. Na quarta, recebe a Macedônia do Norte, em Duisburg. Em outro jogo do grupo, a Armênia, que venceu as duas, recebe a Romênia.

Outra seleção com 100% de aproveitamento é a Dinamarca, que enfiou 8 em Moldova. É a primeira vez desde 1996 que a Dinamarca ganha seus dois primeiros jogos de eliminatórias. Nesta quarta, tem um desafio importante em Viena, contra a Áustria - que, se ganhar, assume a liderança.

A Holanda, que perdeu da Turquia na estreia, precisa golear Gibraltar amanhã. E ficará de olho nos duelos entre Montenegro (100%) e Noruega (de Haaland) e entre Turquia e Letônia. Depois de ficar fora da última Copa do Mundo e também da Euro-2020, que se aproxima, a Holanda já começa a correr riscos. É um grupo complicado.

A França, que, como a Espanha, decepcionou na estreia e venceu a segunda partida sem muito brilho, viaja a Sarajevo para enfrentar a Bósnia. A França também está devendo uma grande atuação, mas é a seleção campeã do mundo. Fortíssima em todas as linhas, certamente chegará com forte candidata ao título europeu no meio do ano. Assim como a Bélgica, que ficou no empate contra a República Tcheca, mas deve passar sem problemas por Belarus.

Principais jogos de terça (15h45):

Luxemburgo x Portugal
País de Gales x República Tcheca
Bélgica x Belarus
Eslováquia x Rússia

Principais jogos de quarta (15h45):

Espanha x Kosovo
Lituânia x Itália
Bósnia x França
Áustria x Dinamarca
Inglaterra x Polônia
Alemanha x Macedônia do Norte

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL