PUBLICIDADE
Topo

Julio Gomes

Casemiro dá vida ao Real Madrid na Liga dos Campeões

Casemiro durante a partida entre Real e Mönchengladbach - Borussia Moenchengladbach via Ge
Casemiro durante a partida entre Real e Mönchengladbach Imagem: Borussia Moenchengladbach via Ge
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

27/10/2020 19h01

Casemiro ao resgate! Uma bola salva que acabou no gol de Benzema aos 42min. E o gol do empate, aos 48min. O brasileiro livrou o Real Madrid da derrota para o Borussia Moenchengladbach e deu vida ao clube na Liga dos Campeões da Europa.

O Real esteve a segundos de perder o terceiro jogo (de quatro) em 11 dias. Ganhou só do Barcelona no meio disso. O que não é pouco, por ser o clássico. Mas, dada a situação esportiva do Barça, também não é muito.

O empate de hoje na Alemanha possivelmente tenha sido o melhor jogo do Real Madrid nessa série. Entrou ligado em campo e com a escalação que, acho eu, Zidane considere a melhor que tenha no momento. Foi superior ao adversário, criou muitas chances de gol. Vinícius Jr não teve uma noite feliz, errou nas decisões e nas execuções.

Mas foi difícil assimilar o primeiro gol e, no segundo tempo, bateu o desespero.

O segundo gol do Gladbach saiu em um lance em que Mendy habilitou duas vezes o ataque adversário. Imaginem se fosse Marcelo! O lateral brasileiro realmente vinha mal, mas a destruição promovida pela imprensa madrilenha foi muito exagerada.

Assim como na derrota da semana passada, contra o Shakhtar, o Real Madrid pressionou nos minutos finais. Só que desta vez saiu o empate.

Em um grupo que já não era o mais molezinha (adiantamos isso aqui no blog há algumas semanas), o Real Madrid tropeçou nos dois times teoricamente mais fracos. Mas a Inter de Milão também - empatou ambas.

Agora Real e Inter que se virem nos confrontos diretos entre eles. Na semana que vem, em Madrid, e no fim de novembro, em Milão. Possivelmente quem se sair melhor destes confrontos é quem vai passar para as oitavas, enquanto o outro ficará pelo caminho.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL