PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Julio Gomes


Julio Gomes: Grêmio faz as contratações de maior impacto da pré-temporada

Vanderlei, goleiro ex-Santos, durante apresentação como jogador do Grêmio - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Vanderlei, goleiro ex-Santos, durante apresentação como jogador do Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

21/01/2020 05h00

As contratações do Grêmio, no que vai de Mercado da Bola até agora e com o início dos Estaduais, são as que possivelmente trarão maior impacto durante o ano.

Claro que ainda tem mercado e meses de entra e sai. E não estou aqui dizendo que os jogadores do Grêmio são melhores do que os contratados por outros times.

O que quero dizer é que, entre os bons times do Brasil, o Grêmio foi quem melhor buscou para as posições em que ele tinha problemas. É o time que trouxe titulares para posições carentes.

Um dos motivos do fracasso do Grêmio nos mata-matas do ano passado foi a presença de Paulo Victor no gol, gerando insegurança em todo o time. Agora, chega Vanderlei, um goleiro de garantias. E para a lateral-direita chega o ótimo Orejuela, um dos poucos destaques do Cruzeiro no caos que foi o ano passado. Ainda tem Lucas Silva para o meio, só que este é uma incógnita.

Renato tem um bom time nas mãos, um trabalho sólido de muitos anos e o Grêmio tem a chance de ver alguns garotos explodirem de vez. Tudo isso, agora, com um ótimo goleiro atrás. Coisas que fazem a diferença.

O Corinthians também parece ter sido certeiro com Luan e Cantillo. O tempo dirá, mas acredito que as chegadas, mais Tiago Nunes, mudem bastante o time.

O Flamengo tem quantidade e nomes, com Micheal, Pedro Rocha, Gustavo Henrique, Thiago Maia, Pedro... mas ninguém será titular. É um elenco que vai ficando recheado e de olho também na Copa América, quando perderá muita gente e o Brasileiro não vai parar. São reforços importantes, sem dúvida, mas de menor impacto que os do Grêmio.

Não podemos, claro, nos esquecer dos técnicos. Às vezes, um time pode seguir com o mesmo elenco, mas mudar da água para o vinho (ou vice-versa) com um novo técnico. Chegam Coudet, ao Inter, Dudamel, ao Galo, Jesualdo, ao Santos, Luxa ao Palmeiras...

Técnicos importam, mas não jogam. O campo é o campo e, pensando no campo, o Grêmio atacou bem demais suas deficiências.

Julio Gomes