PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Globo quer renovar com Gaúcho e Mineiro com valores menores e novo formato

Hulk, do Atlético-MG, comemora seu gol ao lado do lateral Guga durante partida contra o Tombense pelo Campeonato Mineiro 2021 - FERNANDO MORENO/ESTADÃO CONTEÚDO
Hulk, do Atlético-MG, comemora seu gol ao lado do lateral Guga durante partida contra o Tombense pelo Campeonato Mineiro 2021 Imagem: FERNANDO MORENO/ESTADÃO CONTEÚDO
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

Colunista do UOL

19/05/2021 04h00

A Globo entrou em contato com as Federações Mineira e Gaúcha de Futebol para começar a negociar possíveis renovações dos acordos pelos campeonatos respectivos estaduais. Assim como o Paulistão, os contratos da emissora com esses torneios acabam ao fim da edição deste ano. Mas a renovação só acontecerá com uma condição: mudança de formato e redução de valores.

A coluna apurou que a emissora tem interesse na renovação, o principal motivo são os índices de audiência. O Mineiro e, principalmente, o Gaúcho costumam marcar índices bem respeitáveis para a Globo, mais do que o Paulista alcança normalmente.

No último domingo (16), por exemplo, o primeiro jogo da final entre Grêmio e Internacional marcou 32 pontos de média com picos de 39 — o maior Ibope do ano na Globo em Porto Alegre. Jogos decisivos com ambos os clubes costumam chegar com frequência na casa dos 40 pontos de audiência.

Outro elemento relevante é que o Gaúcho e o Mineiro ganharam relevância com a saída do Carioca este ano. Entre o fim de março e o início de abril, os Estaduais foram as únicas atrações do SporTV, o canal esportivo da Globo. Os resultados foram bons e conseguiram a liderança entre os canais esportivos.

O grande problema para as renovações atualmente são os valores. Para Minas Gerais, a situação é mais simples. A FMF negocia diretamente com a Globo. Já no Rio Grande do Sul, a negociação envolve também a RBS, afiliada da emissora no estado. A Globo entra com aporte financeiro e a RBS paga um valor melhor.

Atualmente, a emissora carioca paga R$ 41,6 milhões pelo Mineiro. Já o Gaúcho tem o custo de R$ 37 milhões — em um total de R$ 78,6 milhões. A emissora já avisou que não pagará mais isso, até por causa do momento atual dos direitos esportivos com significativas quedas de valores e, se renovar, quer renegociar estes custos o quanto antes.

Além disso, a Globo também deseja uma mudança de formato nos Estaduais para que sejam mais curtos. Hoje, a emissora não exibe muitos jogos em TV aberta porque não tem retorno comercial nas fases iniciais. Apenas em fases de mata-mata o retorno aparece. As federações resistem às reduções, mas estão dispostas a conversar.

Neste momento, apenas o Mineiro recebeu sondagens de outras empresas. O Gaúcho ainda não.