PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Globo contesta processo de Ana Paula e diz já ter dado direito de resposta

Ana Paula Henkel: vive disputa judicial com Globo e Band por causa de Neto e Casagrande - TV Câmara/Reprodução
Ana Paula Henkel: vive disputa judicial com Globo e Band por causa de Neto e Casagrande Imagem: TV Câmara/Reprodução
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

Colunista do UOL

14/05/2021 19h33

A Globo contestou oficialmente na tarde desta sexta-feira (14) na Justiça o processo movido pela ex-atleta e atual comentarista da Jovem Pan Ana Paula Henkel. A coluna teve acesso à defesa da emissora, que afirmou já ter dado o direito de resposta para a medalhista de Atlanta 1996. O processo segue na 14ª Vara Cível de São Paulo e aguarda a manifestação do juiz.

Não se tem previsão de quando isto acontecerá, mas o caso corre em caráter de urgência, o que deve acelerar a questão. Na sua defesa, a emissora apresentou o link de uma postagem no site GE na qual foi publicada a resposta solicitada por Ana Paula, no dia 13 de março - o link apresenta o mesmo texto pedido judicialmente como resposta para Ana Paula.

A Globo acrescentou ainda que não entende o pedido judicial da ex-atleta porque, além de já ter dado espaço para a mesma em sua plataforma, o ex-atacante Casagrande fez críticas ao seu comportamento nas redes sociais, que são públicas.

A contestação vai ao encontro do comunicado que a Globo enviou na época sobre o assunto. Mesmo sem comentar casos judiciais, a emissora enviou o documento para a imprensa que já tinha dado espaço para a resposta de Ana Paula em março.

O pedido de Ana Paula Henkel, porém, se baseia nas redes sociais. Na solicitação, o advogado da ex-atleta afirma que a emissora precisa explicar os motivos de não ter divulgado o assunto com relevância. A coluna apurou que o texto de Ana Paula não foi chamado nas redes sociais como o Twitter e o Facebook e não teve destaque de capa na homepage do site no dia em que foi ao ar.

Isso incomodou Ana Paula. Seus representantes querem uma nova publicação ou uma atualização do texto publicado, mas com o destaque igual ao que teve o texto de Casagrande. Postado em fevereiro pelo atual comentarista de futebol da emissora, o texto obteve repercussão nas plataformas da Globo.

Além desse espaço, Ana Paula pede indenização de R$ 10 mil. Agora, o caso está em "conclusos para decisão". O mérito será julgado pelo juiz de direito Christopher Alexander Roisin, que já tomou outras decisões sobre o processo. Além da Globo, Ana Paula Henkel também processou a Band pedindo o mesmo direito de resposta e por uma indenização por danos morais.

Relembre a briga entre Ana Paula Henkel, Neto e Casagrande

A celeuma começou em 21 de fevereiro deste ano, quando Casagrande publicou em seu blog no GE, do Grupo Globo, um texto em que qualificava Ana Paula, apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), "defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade".

Horas depois, no mesmo dia 21 de fevereiro, Ana Paula usou o Twitter para retrucar o comentário do ex-atacante do Corinthians. "Prezado Casagrande, olhe para a sua vida e para um espelho. Eu sou o menor dos seus problemas, acredite. Tente me esquecer", respondeu a ex-jogadora em sua rede social. "Arrume o seu quarto primeiro, que há muitos anos está uma verdadeira bagunça, antes de querer 'consertar' o mundo", concluiu.

No dia seguinte, em 22 de fevereiro, Neto entrou na história. No programa "Os Donos da Bola", da Band, o apresentador saiu em defesa de Casagrande e criticou a ex-jogadora de vôlei. O processo foi movido no mês de abril e a celeuma foi noticiada em primeira mão pela coluna.