PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Premier League abre negociação com TV no Brasil em julho; Disney é favorita

Riyad Mahrez marca dois gols para o Manchester City contra o Burnley pela Premier League - Michael Regan/Getty Images
Riyad Mahrez marca dois gols para o Manchester City contra o Burnley pela Premier League Imagem: Michael Regan/Getty Images
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

Colunista do UOL

04/05/2021 19h17

A Premier League confirmou que começará a negociar o contrato de direitos de transmissão da liga de futebol mais importante do mundo no segundo semestre deste ano. Os direitos domésticos para a Inglaterra, e para o Brasil também, estarão na mesa. A Disney, exibidora da competição no Brasil desde 2003, é favorita para renovar o acordo. A coluna apurou que as negociações terão início a partir de julho deste ano.

Na Inglaterra, já existe a certeza de que os valores arrecadados com os direitos de transmissão do evento em todo o mundo serão menores em relação ao último contrato - o mais caro da história da televisão esportiva mundial. A pandemia do novo coronavírus ajuda a explicar o motivo.

Outro ponto é que empresas de comunicação já afirmaram que pretendem gastar menos com os direitos, o que pode prejudicar o investimento feito por clubes na Premier League. A liga inglesa é atualmente a de maior audiência de TV no mundo.

No Brasil, a ESPN Brasil tem os direitos totais da competição até o fim da temporada 2021/2022. A Premier League é um dos principais eventos da ESPN Brasil e do Fox Sports, com várias datas de transmissão e boas audiências principalmente com times como Manchester United, Chelsea, Liverpool e Manchester City.

Além da Disney, o DAZN transmite dois jogos por rodada da competição em um contrato de licenciamento com a empresa americana. A plataforma de streaming pensou em abrir mão do evento no meio do ano passado por causa da crise financeira que enfrentou pela covid-19, mas manteve o acordo e pretende cumpri-lo até o final.

Recentemente, a Disney renovou contrato com La Liga e Liga Europa, dois eventos de futebol considerados importantes para a programação. O desejo é que o mesmo seja feito com a Premier League.