PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

SBT acerta volta de histórico diretor para comandar a área de Esportes

Téo José anunciando transmissão da Champions League: SBT recontrata antigo diretor de Esportes para comandar área novamente - Reprodução/SBT
Téo José anunciando transmissão da Champions League: SBT recontrata antigo diretor de Esportes para comandar área novamente Imagem: Reprodução/SBT
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

07/04/2021 14h16

O SBT acertou nesta semana contrato com o executivo Luciano Callegari Júnior, filho do ex-executivo Luciano Callegari, histórico nome ligado ao apresentador Silvio Santos, para que ele volte a comandar a área esportiva da emissora.

Callegari Júnior comandou o núcleo de Esportes nos anos 90, um período histórico de investimentos no canal paulista. A informação foi confirmada pelo SBT à coluna.

O executivo chega para assumir a função diretor geral de Esportes e Eventos. Ou seja, ele será responsável por todo o conteúdo esportivo produzido pelo SBT daqui para frente, além de comandar esquemas de transmissões de eventos esportivos e contratação de profissionais.

Será Callegari Júnior, por exemplo, que irá planejar a cobertura da Liga dos Campeões. O torneio foi oficializado ontem (6) em comunicado lido pelo narrador Téo José no telejornal "SBT Brasil". O contrato é válido até 2024 e prevê a exibição de 15 partidas por temporada a partir do ciclo 2021/2022, que começa no mês de agosto.

O executivo é um nome de bastante experiência. Nos anos 1990, foi Callegari Júnior que comandou o setor esportivo numa época muito tradicional do SBT no setor. Na época, o canal exibia a Copa do Brasil - sendo a principal responsável pela explosão de popularidade da competição de mata-mata nacional.

A final da edição de 1995, entre Corinthians e Grêmio, é até hoje a segunda maior audiência da história da emissora - perdendo apenas para a final da 1ª edição da "Casa dos Artistas", em 2001.

Foi Callegari Júnior também que planejou a compra da Fórmula Indy em 1995, que também ajudou bastante a popularidade da categoria de automobilismo na época. As negociações envolveram o primeiro Grande Prêmio da categoria no Brasil, que deu o recorde de audiência da Indy na TV brasileira até os dias de hoje.

A expectativa é que novos eventos possam chegar com a chegada de um executivo experiente. A contratação de Callegari Júnior também é um sinal que o SBT pretende dar ao mercado de que o seu projeto de Esporte é sólido.