PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

RedeTV! quer voltar ao futebol e disputará direitos do Paulistão 2022

Fagner durante a partida entre Corinthians e Mirassol, em Volta Redonda, pelo Campeonato Paulista 2021: RedeTV! quer edição de 2022 - Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Fagner durante a partida entre Corinthians e Mirassol, em Volta Redonda, pelo Campeonato Paulista 2021: RedeTV! quer edição de 2022 Imagem: Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

26/03/2021 04h00

Sem eventos de futebol desde maio de 2020 quando não renovou os direitos de transmissão do Campeonato Turco, além de ter perdido o sublicenciamento da Copa Sul-Americana após o DAZN rescindir o contrato da competição no ano passado, a RedeTV! quer voltar a exibir eventos esportivos. O alvo inicial é o Campeonato Paulista 2022, que será vendido este ano pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

A coluna apurou que, desde a semana passada, executivos de Jornalismo e Esporte e a alta direção do canal de Osasco estudam uma forma de entrar na licitação para TV aberta do Estadual paulista. Ouvidos pela coluna, diretores admitem que a questão já é discutida amplamente.

A RedeTV! aposta na boa relação que tem com a federação local. Em anos anteriores, a emissora já exibiu a Copa Paulista, torneio com times do interior que dá vaga para eventos nacionais, e o Paulista Sub-20. Por enquanto, entre as concorrentes da Globo, a emissora é a única que fala em tentar a concorrência do Paulista. Record, SBT e Band ainda não comentam sobre o assunto.

No ano passado, a RedeTV! foi consultada e tentou adquirir a Libertadores da América e a Copa Sul-Americana diretamente. Vários fatores pesaram para o fracasso da tentativa. Além de dinheiro, não estar em diversas capitais do país foi considerado um ponto negativo.

Caso consiga comprar os direitos do Paulista 2022, será o retorno da competição após 21 anos. Em 2001, a RedeTV! exibiu o torneio em um acordo com a Globo, que também contemplava a Copa do Brasil e o Brasileirão. Mas por atrasos no pagamento para a Globo, só o Estadual foi exibido.

O contrato atual de exibição do Paulistão com a Globo termina nesta temporada. Hoje, a emissora tem todos os direitos —incluindo TV aberta, fechada e pay-per-view— e paga R$ 225 milhões por isso. Mesmo sem investir tanto nos Estaduais nos últimos anos, a Globo ainda tem interesse em manter o Paulista.

Para o ano que vem, a FPF fatiou a venda para as mídias e contratou a empresa Livemode para ouvir empresas de comunicação que queiram transmitir o evento. O objetivo é maximizar as receitas com as negociações.

O modelo que o Paulista quer é semelhante ao usado pela Copa do Nordeste —também negociada pela Livemode. O objetivo é fechar os direitos do Paulistão do ano que vem até junho.